#63741
A sociedade sofreu diversas modificações após a Revolução Industrial, indo do campo tecnológico até o pensamento das pessoas. Embora, essas mudanças sejam boas para as relações sociais ainda há muitas controvérsias sobre a importância do antirracismo no combate à intolerância no Brasil. Nesse sentido, é importante compreender que o racismo ainda sobrevive, principalmente, devido ao pensamento arcaico de muitos.
Primeiramente, é importante salientar que o racismo assim como os demais preconceitos permanecem velados na sociedade. Ademais, o racismo tem como "pilar" a ideia de sobreposição entre as raças, sendo que teve como base a "comercialização" do negro nas colônias. Dessa forma, a ideia de que o "escravo" (o negro) deve servir o seu "senhor" (o branco) está enraizada na sociedade brasileira desde a Era Colonial.
Em segundo plano, o pensamento preso em séculos passados de muitos indivíduos, sem dúvida, é o principal embate a tolerância racial. Para Habermas, a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Nessa perspectiva, os movimentos sociais que defendem a tolerância racial, estão fazendo sua parte, estão em muitas das vezes usando da linguagem, da voz, para buscarem igualdade, entretanto, o racismo só será extinto quando o "todo" também pôr em prática o que pregam esses movimentos sociais.
Portanto, ações fazem-se necessárias. Para isso, o Ministério da Cultura, em parceria com o Ministério da Educação, devem por meio das escolas da rede pública promover debates em torno da igualdade racial e do respeito as diferenças. Esses debates podem acontecer no período de contraturno, contando com a participação de ativistas de movimentos antirraciais e historiadores, tendo como objetivo entender "como", "onde" e o "por quê" do racismo existir. Assim, estará em construção uma sociedade evoluída, não só no campo tecnológico.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A cultura de assédio no Brasil

No livro “50 tons de cinza” é a[…]

joenir jheromagnoli cassiahso Higorrair

Peso: 1000 Nota: 1000 Conforme o escritor Franz K[…]

Doença mental

Para a OMS, saúde não engloba apena[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM