• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#63637
O racismo, surgido no século XIX, no processo de colonização do continente africano pelos europeus, está fortemente enraizado na sociedade brasileira, o que reflete a falta de preocupação governamental em relação a essa questão. Tendo isso em vista, o antirracismo se faz muito importante no combate à intolerância no Brasil, principalmente por dois motivos: o efeito que essa ação trará em relação a outros tipos de preconceitos e a inserção de grupos previamente marginalizados na sociedade.
Atualmente, o planeta já está mais apto a debater questões de intolerância racial do que estava antigamente, no entanto, isso não significa que o número de casos desse gênero diminuiram. Como exemplo, no cenário futebolístico, essas denúncias vem aumentando, o que revela que o mundo está mais aberto a esse debate. Com isso, o antirracismo se faz muito importante, tanto para mudar a realidade atual de marginalização de indivíduos desfavorecidos, como para minimizar qualquer tipo de preconceito no Brasil, seja ele um preconceito religioso, cultural, social, etc., mudando, assim, a mentalidade da população.
Outrossim, é de suma importância o combate à desigualdade nos salários de uma pessoa negra e uma branca, o combate à falta de oportunidades de obtenção de cargos públicos por uma pessoa negra, o combate às mortes de negros inocentes... Assim sendo, o antirracismo tem o poder de equiparar as chances, dentro do possível, de sucesso profissional e pessoal entre pessoas de diferentes raças e etnias, o que poderá proporcionar a inserção de grupos previamente marginalizados na sociedade, como habitantes de favelas e periferias.
Logo, o Governo, cuja uma de suas responsabilidades é proteger os cidadãos marginalizados e oprimidos da sociedade, deve, por meio de projetos de lei, criar uma matéria no ensino fundamental e no ensino médio que estude e proporcione debates com os estudantes acerca da cultura e história de negros no Brasil, com o intuito de alterar a mentalidade dos jovens, o que criará um futuro mais igualitário.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#63655
Obs.: Esqueci de deixar uma linha em branco para indicar claramente onde estão os meus parágrafos. O 1° parágrafo começa com "O racismo[...]". O 2° parágrafo começa com "Atualmente, o planeta[...]". O 3° parágrafo começa com "Outrossim, é de suma importância[...]". O 4° parágrafo começa com "Logo, o Governo, cuja[...]".
#63949
Certo
Parcialmente certo
Errado
Ausência

Introdução
O racismo, surgido no século XIX, no processo de colonização do continente africano pelos europeus, está fortemente enraizado na sociedade brasileira, o que reflete a falta de preocupação governamental em relação a essa questão(1) (Contextualização). Tendo isso em vista, o antirracismo se faz muito importante no combate à intolerância no Brasil (Posicionamento (2)), principalmente, por dois motivos: o efeito que essa ação trará em relação a outros tipos de preconceitos <Por exemplo?]e a inserção de grupos previamente marginalizados na sociedade. (Bases argumentativas (3))

Comentário
(1) - Aqui deveria ter empregado uma justificativa, meio que dizendo "Olha, o Brasil é racista, porque foi colonizado pelos europeus", só que de forma formal.
(2) - O posicionamento é a união da paráfrase do tema + opinião, no seu posicionamento foi colocado apenas a referência ao tema , entretanto não foi apresentado nenhuma afirmativa ou negação sobre a importância do antirracismo.
(3) - As bases argumentativas foram apresentadas corretamente, porém não condiz com as problemáticas apresentadas no desenvolvimento, visto que, enquanto, na apresentação da tese (introdução) você escreve "[...]o efeito que essa ação trará em relação a outros tipos de preconceitos e a inserção de grupos previamente marginalizados na sociedade [...]", no desenvolvimento você escreve "[...]o planeta já está mais apto a debater questões de intolerância racial do que estava antigamente [...]" e " [...] à desigualdade nos salários de uma pessoa negra e uma branca [...]". Nota-se que as bases argumentativas soaram como um chamado para a proposta de intervenção, porém elas estão em formato de apresentação de tese. Dessa forma, quando o leitor chega no desenvolvimento, ele fica confuso.
:arrow: A introdução está completa, apenas tome cuidado na hora de apresentar os tópicos-problemas.

Desenvolvimento
1.
Atualmente (4), o planeta já está mais apto a debater questões de intolerância racial do que estava antigamente(5) (Tópico-frasal), no entanto, isso não significa que o número de casos desse gênero <essa informação não acrescentou nada] diminuiram<diminuíram]. (Conectivo) Como exemplo, no cenário futebolístico, essas denúncias vem aumentando<Dados?], o que revela que o mundo está mais aberto a esse debate. Com isso, o antirracismo se faz muito importante, tanto para mudar a realidade atual de marginalização de indivíduos desfavorecidos, como para minimizar qualquer tipo de preconceito no Brasil, seja ele um preconceito religioso, cultural, social, etc. <e entre outros], mudando, assim, a mentalidade da população. (Consequências (7))
Conectivo entre parágrafos
Argumento complementar (causa)
Explicação da tese (como)
Repertório


Comentário
(4) - "Atualmente" está concordando apenas com a oração inicial. Logo, não estabelece relação com a introdução.
(5) - Daria para melhorar essa informação como, por exemplo, "[...] os debates da sociedade moderna são insuficientes para lidar com os preconceitos existentes, pois [...]"
:arrow: O desenvolvimento 01 está incompleto, porque você não disse porquê a sociedade não debate com frequência essa temática e nem como ela ignora.

2.
Outrossim (Coesão interparágrafo), é de suma importância o combate à desigualdade nos salários de uma pessoa negra e uma branca(6) (Tópico-frasal), o combate à falta de oportunidades de obtenção de cargos públicos por uma pessoa negra, o combate às mortes de negros inocentes (Argumento complementar)...<.] Assim sendo, o antirracismo tem o poder de equiparar as chances, dentro do possível, de sucesso profissional e pessoal entre pessoas de diferentes raças e etnias, o que poderá proporcionar a inserção de grupos previamente marginalizados na sociedade, como habitantes de favelas e periferias. (Consequências (7))
Explicação da tese (como)
Repertório


Comentário
(6) - Opte por informações rápidas e objetivas, uma sugestão: "[...] como a desigualdade entre brancos e negros, visto que [...]".
(7) - Na introdução escreva os tópicos-problemas não as consequências.
:arrow: O desenvolvimento 02 está incompleto.

Conclusão
Logo, o Governo Federal (Agente), cuja uma de suas responsabilidades é proteger os cidadãos marginalizados e oprimidos da sociedade (Detalhamento), deve, por meio de projetos de lei (Meio/modo), criar uma matéria<nome? no ensino fundamental e no ensino médio (Ação) que estude e <. A fim de] proporcionare debates com os estudantes acerca da cultura e história de negros no Brasil, com o intuito de alterar a mentalidade dos jovens, o que criará um futuro mais igualitário. (Finalidade)

Comentário
:arrow: A proposta de intervenção está completa, porém acredito que poderia ter colocado um ponto período nesse parágrafo.

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

A constituição Federal de 1988,docum[…]

No Brasil, cerca de 14 (quatorze) milhões d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM