Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#42138
Na série "Anne with an e", a personagem kak'at vive na pele a opressão que a cultura europeia de dominação causou aos povos indígenas tendo sua Aldeia queimada e sua cultura ignorada , e aos poucos sendo destruída , fora da ficção é visível que a situação indígena atual não é tão diferente da ilustrada . No Brasil em pleno 2020 vemos toda a história indígena bem antes do descobrimento sendo ignorada na educação. Assim como o respeito à sua cultura sendo levado na brincadeira.

Primeiramente é importante ressaltar que o povo indígena já dominava o Brasil muito antes de qualquer visão eurocêntrica dizer o contrário , como representado na primeira geração da poesia romântica no Brasil , que traz o indígena como herói nacional . A dominação europeia desde 22 de abril de 1500 d.c até os dias atuais vem apagando a história indígena e junto com ela parte da nossa identidade como brasileiros ,isso é visto no fato de estudarmos o "descobrimento do brasil" e não o Brasil antes dos europeus.

Igualmente é importante observar que a nossa própria Constituição Federal nos garante igualdade e respeito o que justamente os primeiros habitantes do Brasil lutam por séculos para o usufruir , uma vez que vê a sua cultura sendo usada como fantasia em carnaval pois nunca foi ensinado o respeito para com os indigenas.

Diante da questão apresentada cabe a nós mudarmos essa realidade , para que histórias como a de kak'at sejam apenas um passado longínquo , cabe ao Ministério da Educação juntamente com o Ministério da Cultura usarem de sua autoridade para tornar obrigatório em todas as instituições de ensino o estudo do povo indígena como parte da história do Brasil , assim como respeito a sua cultura , só assim teremos uma Pátria Justa e melhor para todos os seus filhos.

IMPORTANTE:
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#42161
Na série "Anne with an e", a personagem Kak'at vive na pele a opressão que a cultura europeia de dominação causou aos povos indígenas tendo sua aldeia queimada e sua cultura ignorada, e aos poucos sendo destruída. Fora da ficção é visível que a situação indígena atual não é tão diferente da ilustrada, no Brasil em pleno século XXIvemos toda a história indígena bem antes do descobrimento sendo ignorada na educação. Assim como o respeito à sua cultura sendo levada na brincadeira.

Primeiramente é importante ressaltar que o povo indígena já dominava o Brasil muito antes de qualquer visão eurocêntrica dizer o contrário , como representado na primeira geração da poesia romântica no Brasil , que traz o indígena como herói nacional . A dominação europeia desde 22 de abril de 1500 d.C até os dias atuais vem apagando a história indígena e junto com ela parte da nossa identidade como brasileiros, isso é visto no fato de estudarmos o "descobrimento do Brasil" e não o Brasil antes dos europeus.

Igualmente é importante observar que a nossa própria Constituição Federal nos garante igualdade e respeito, o que justamente os primeiros habitantes do Brasil lutam por séculos para o usufruir, uma vez que vê a sua cultura sendo usada como fantasia em carnaval, pois nunca foi ensinado o respeito para com os indígenas.

Diante da questão apresentada cabe a nós mudarmos essa realidade, para que histórias como a de Kak'at sejam apenas um passado longínquo, cabe ao Ministério da Educação juntamente com o Ministério da Cultura usarem de sua autoridade para tornar obrigatório em todas as instituições de ensino o estudo do povo indígena como parte da história do Brasil, assim como respeito a sua cultura, só assim teremos uma Pátria Justa e melhor para todos os seus filhos.



Erro
Sugestão
Primeiro, cuidado com a virgula, vc escreve algo, da espaço, coloca virgula e espaço dnv. Não é assim, o uso correto é: palavra, virgula, espaço e outra palavra.
Você usou três vezes nomes próprios com a primeira letra minúscula, inclusive o nome do nosso próprio país. Muito cuidado com isto!
Gostei muito da sua redação, a sua proposta de intervenção poderia ser mais forte comparado ao resto do resto.
Acho que é isso.... Vale lembrar que sou estudante assim como você, então qualquer erro na correção me perdoe. Estou aqui para aprender também.
Uma dica que dou a todos que escreva em uma folha antes de passar para ca, de um limite de 30 linhas para quando chegar na prova estar acostumada com o espaçamento.

Att,
Giovanna Moraes.

GlendaMorais pode corrigir minha redaç&at[…]

Fake News

Compreendido!!! Obrigado :lol:

CORREÇÃO (X) Há cerca de 90[…]

Fake News

periódico “A mentira”, lan&cced[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM