• Avatar do usuário
#64002
Como previsto na Constituição Federal, a saúde é direito de todos e sua garantia é de dever do Estado, sendo necessária a mediação de políticas sociais que visem uma correta execução. Conhecendo tal artigo, é possível mencionar o Sistema Único de Saúde, SUS, uma organização que os brasileiros usufruem gratuitamente quando se trata de saúde. Essa rede de tratamentos médicos é mantida pelos impostos que todos os cidadãos pagam ao Governo Federal. Contudo, tal rede é bastante desvalorizada atualmente, visto que não são feitos os investimentos necessários para que a prestação de serviços de saúde seja efetivada corretamente, deixando pacientes sem atendimentos.

Primeiramente, é necessário romper a mitigação a respeito do SUS, uma vez que é ele que deve garantir o acesso gratuito aos diversos níveis da assistência de saúde, além realizar tratamentos sanitários e campanhas, como a de vacinação, tendo como intuito atender a sociedade como um todo, contudo sendo pouquíssimo valorizado pelos cidadãos. Esta desvalorização é consequência do cenário político brasileiro, que assolado pelas crises econômicas, influenciou negativamente a saúde pública, suscitando a ocorrência de uma transferência inadequada de verba desta esfera. Esta delegação monetária prejudicou drasticamente não só os atendimentos médicos bem como a distribuição de medicamentos e tratamento de água, que, de acordo com o médico brasileiro, Jayme Landmann, o governo preocupa-se somente com a saúde do brasileiro quando se trata de questões trabalhistas, não levando em consideração o que suas atitudes mediante à falta de políticas públicas na área da saúde podem causar.

Ademais, outro fator que contribuiu para a desvalorização do SUS é a má gestão política aliada à corrupção dos então governantes, sejam eles municipais, estaduais ou federais. A verba fornecida ao invés de ser investida no local a qual foi destinada, no caso a área da saúde, acaba sendo desviada, acarretando a não efetivação de melhoramentos na infraestrutura hospitalar; compra de medicamentos e equipamentos; e pagamento dos prestadores de serviço. A conclusão deste desvio de capital é a fragilização dos atendimentos e a morte precoce de diversos pacientes que sofrem à mingua enquanto esperam uma vaga para serem atendidos de maneira decente, tal problemática supracitada é algo que pode ser evitado e prevenido através da boa gestão do capital público e fortalecimento das políticas públicas que reforcem o acesso gratuito a este serviço tão essencial para a manutenção da vida.

Visando solucionar o problema aludido e tendo em vista a precariedade que a rede pública de saúde de nossa nação enfrenta, se faz necessária uma maior atenção da esfera governamental e do ministério da saúde, sendo conveniente a rápida implementação de políticas públicas fortes e eficazes. A sociedade deve clamar por uma reivindicação tendendo a uma melhoria e maior visibilidade do SUS, visto que mesmo em tempos de crise, não seria cabível o corte de verbas hospitalares, pois se trata de um setor importante para a população. Sendo assim, a solução palatável seria um corte em investimentos de setores não essenciais à sociedade e uma fiscalização e punição rígida àqueles que realizam o desvio de verbas e compactuam com a corrupção.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Ashiley , OI! Muitíssimo obrigada por ter […]

No Brasil apesar da constituição de […]

Tema: O aumento do número de profissionais […]

Um dos alicerces iluministas da revoluç&ati[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM