• Avatar do usuário
#63104
Segundo o filósofo Jean Jacques Rousseau, uma “sociedade ideal” é aquela em que os indivíduos são todos iguais independente de raça ou gênero. De maneira análoga, ao observar o cenário publicitário brasileiro percebe-se que o mesmo ainda é desproporcional à quantidade de grupos étnicos, raciais e de gênero existentes no país, o que abre espaço para estereótipos e padrões. Desta forma, torna-se imperiosa a análise dos fatores que compõem essa conjuntura.

Em primeira análise, é importante citar o papel da representatividade publicitária na identidade e aceitação de diferentes grupos da sociedade. Mas no entanto, segundo dados do estudo feito pelo agência Heads, mais de 75% das propagandas publicitárias ainda adotam padrões elitistas, o que foge do conceito de “sociedade igualitária onde todos se sentem representados” idealizada por Rousseau e portanto, tornam-se necessárias medidas de resolução dessa situação.

Por conseguinte, é imprescindível ressaltar o caráter discriminatório que os estereótipos da publicidade atual têm imprimido perante a sociedade. Ora, um país miscigenado e rico em etnias e gêneros como o Brasil não condiz muito com uma mídia que faz alusão a preferências sexuais e raciais. Desta maneira, como diria o filósofo Thomas Hobbes, uma “intervenção estatal” mostra-se urgente.

Em suma, para resolver essa questão associada à representatividade no Brasil, urge que o Ministério da Cidadania promova o incentivo à inclusão social no ambiente publicitário por meio de políticas públicas que venham a combater os estereótipos vigentes a fim de aumentar a participação dos diferentes grupos da sociedade na publicidade, de forma a retratar mais fidedignamente a diversidade ética, racial e de gênero no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#63163
Segundo o filósofo Jean Jacques Rousseau, uma “sociedade ideal” é aquela em que os indivíduos são todos iguais independente de raça ou gênero. De maneira análoga, ao observar o cenário publicitário brasileiro percebe-se que o mesmo ainda é desproporcional à quantidade de grupos étnicos, raciais e de gênero existentes no país, o que abre espaço para estereótipos e padrões. Desta forma, torna-se imperiosa a análise dos fatores que compõem essa conjuntura.

Em primeira análise, é importante citar o papel da representatividade publicitária na identidade e aceitação de diferentes grupos da sociedade. Mas no entanto, [evite repetir conectivos > segundo dados do estudo feito pelo agência Heads, mais de 75% das propagandas publicitárias ainda adotam padrões elitistas, [diversifique > o que foge do conceito de “sociedade igualitária onde todos se sentem representados” idealizada por Rousseau e portanto, tornam-se necessárias medidas de resolução dessa situação. [muito repertório e pouca argumentação, não precisa de dois repertórios]
* Procure seguir essa estrutura: apresentação do argumento + repertório + argumentação + arrematação

Por conseguinte, é imprescindível ressaltar o caráter discriminatório que os estereótipos da publicidade atual têm imprimido perante a sociedade. Ora, um país miscigenado e rico em etnias e gêneros como o Brasil não condiz muito com uma mídia que faz alusão a preferências sexuais e raciais. Desta maneira, como diria o filósofo Thomas Hobbes, uma “intervenção estatal” mostra-se urgente. [faltou arrematação]
* Procure seguir a mesma estrutura nos dois parágrafos de desenvolvimento, se vai colocar o repertório no início ou final do parágrafo, siga um padrão

Em suma, para resolver essa questão associada à representatividade no Brasil, urge que o Ministério da Cidadania promova o incentivo à inclusão social no ambiente publicitário por meio de políticas públicas que venham a combater os estereótipos vigentes a fim de aumentar a participação dos diferentes grupos da sociedade na publicidade, de forma a retratar mais fidedignamente a diversidade ética, racial e de gênero no Brasil.
* Achei que generalizou muito. Trouxe políticas públicas, mas não exemplificou bem como seria essa ação: se vai conscientizar ou realizar alguma campanha ou um projeto junto a empresas privadas. Tente explicar mais como seria a ação.

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

A constituição Federal de 1988,docum[…]

No Brasil, cerca de 14 (quatorze) milhões d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM