• Avatar do usuário
#79123
Na obra ‘’O Lavrador’’, de Cândido Portinari, é retratada a realidade do meio rural modificado para atender ao mercado capitalista exploratório da mão de obra e da natureza. Dessa maneira, análogo ao exibido na pintura, essas características são notáveis no âmbito agrícola brasileiro, contudo, os espaços familiares de cultura vão de encontro a essa conjuntura degradante, uma vez que tem como princípios o manejo sustentável da terra, o cultivo diversificado a geração de renda. Nesse sentido, esse sistema detém uma grande importância, contundo, sua desvalorização pelo poder público constitui uma problemática.

Em primeira análise, cabe pontuar que a agricultura familiar ocupa posição de destaque na logística alimentícia, ambiental e financeira do país. Desse modo, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimentos (MAPA), essa atividade é responsável pelo emprego de 70% da população do campo e, além disso, pela distribuição de 80% da comida do planeta. Sob esse viés, denota-se que tais percentuais refletem o seu caráter substancial, dado que essa produção direcionada ao mercado interno prioriza o uso do solo sem interferência de fitoquímicos e com plantio heterogêneo, a empregabilidade na zona rural – integrando todo o conjunto parental ao processo com intuito de reduzir a mecanização – e o fornecimento de alimentos nutritivos e minimamente processados ao consumidor final. Por conseguinte, ao adotar uma forma de trabalho equilibrado, tradicional e justo diversos setores são beneficiados.

Em segundo análise, vale ressaltar que esse tipo de agronomia é negligenciado frente ao agronegócio. Dessa forma, o advento da Revolução Verde foi determinante de uma série de modificações na esfera agrária, as quais viabilizaram a introdução de alta tecnologia e, em contrapartida, tornaram a produção convencional menos atrativa aos investimentos públicos. À vista disso, a manutenção de lavouras é dificultada em função da ausência de incentivo governamental, o qual deveria atuar promovendo a inclusão dessas no comércio nacional efetivamente e assim, a produtividade e o lucro fossem garantidos. No entanto, as grandes monoculturas e indústrias agrícolas impossibilitam esse fato, monopolizando a maioria dos subsídios e os utilizando para promover práticas contrários aquelas do cultivo familiar, cujos impactos são sentidos no desenvolvimento ecológico e social do Brasil.

Em suma, é mister que medidas sejam tomadas para reverter esse quadro. Portanto, urge que o MAPA, órgão encarregado da administração agrária, elabore um plano de estímulo e valorização desse sistema, por meio do estabelecimento da divisão equânime das aplicações monetárias, a fim de fornecer o capital necessário para aprimorar suas técnicas e otimizar a venda e entrega de seus itens. Destarte, será possível atingir o cenário distinto daquele mostrado por Portinari.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Ao mencionar a frase "Temos de nos tornar na […]

Em 2019 a grave doença, Covid-19 se alastro[…]

"Chega de fui-fiu"

"Estão vestidas para matar", aque[…]

Geralmente, quando se comete um crime considerado […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM