• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#64857
O jornalista Gilberto Dimenstein, ao produzir a obra "cidadão de papel", afirma o que a consolidação de uma sociedade democrática exige a garantia dos direitos fundamentais de um povo. No entanto, ao observar os desafios relacionados aumento dos crimes cibernéticos no Brasil, constata-se que se esse direito não tem sido pragmaticamente assegurado na prática. Com efeito, é imprescindível enunciar o aspecto sociocultural e a influência legislativa como pilares fundamentais das chagas.

Em primeira análise, torna-se evidente a influência do fator sociocultural. Conforme o pensador Émile Durkheim, a sociedade deve ser analisada de maneira crítica e distanciada do senso comum. Nesse sentido, a proposta do sociólogo perde espaço quando se analisa à falta de segurança nas redes sociais, uma vez que o aumentos do uso da tecnologia não acompanha as propagandas informativas sobre o modo correto de utilizar essas ferramentas. Destarte dicorrer criticamente essa problemática e o primeiro passo para a consolidação de um país equânime.

Ademais, é cabível pontuar a ineficiência das leis corrobora com a persistência da vicissitude. A esse respeito, o filósofo grego Aristóteles afirmou que o objetivo da política é promover a vida digna aos cidadões. Nessa lógica, a conjuntura vigente constrata a ideia aristotélica, posto que a ausência de informações sobre as leis, direcionadas a tal prática, faz com que as vítimas do delito se calem dando assim, oportunidade e razão para que os atos se propaguem de modo crítico.

Infere-se, portanto, que o imbróglio abordado necessita ser solucionado. Logo é, que o MEC Ministério da Educação) debata sobre assunto dentro das instituições escolares, através de palestras e ações sobre o bom aproveitamento da internet, com a finalidade de alertar ensinar os indivíduos sobre as leis, e os direitos e deveres de cada indivíduo perante uma sociedade. Desse modo, com a visão crítica de Durkheim e a justiça de Aristóteles, a sociedade brasileira deixaria de ser uma comunidade de papel como enfatiza Dimenstein.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#64896
Laila333 escreveu:@eurodrigo
Olá, você poderia corrigir minha redação por favor?
Gratidão!!
Assim que possível!
Ps.: pode demorar um pouco, já que estou com várias correções pendentes.

Abs. :D

No Brasil, apesar dos avanços promovidos pe[…]

vitoriaca , mesmo assim agradeço por se d[…]

Oi, perdão pela demora.. tenho estado mui[…]

Ultimamente no mundo , diminuiu muito o nív[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM