Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#48172
Na obra "Utopia", do escritor inglês Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. No entanto, o que se observa na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega, uma vez que a mobilidade urbana sustentável no Brasil apresenta barreiras, as quais dificultam os planos de More. Esse cenário antagônico é fruto tanto da falta de infraestruturas, quanto da indiferença da sociedade. Desse modo, torna-se fundamental a discussão desses aspectos, afim do pleno funcionamento da sociedade.
Precipuamente, é fulcral pontuar que a falta de infraestruturas nas cidades deriva baixa dos setores governamentais, no que concerne a criação de mecanismos que coíbam tais recorrências. Segundo o pensador Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar social da população. Entretanto, isso não ocorre no Brasil, devido a falta de atuação das autoridades. Muitas pessoas não tem acesso a melhores condições de deslocamento em uma cidade, como por exemplo, calçadas, ciclovias, terminais de ónibus e até mesmo cadeirantes são "vitimados". Logo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal.
Ademais, é fundamental apontar a indiferença da sociedade como promotor da falta de integração da mobilidade urbana sustentável. Segundo Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, políticas e econômicas é característica da "modernidade líquida" vivida no século XXI. Logo, a sociedade prioriza o uso de transportes individuais motorizados (carros e motos), gerando muitos impactos negativos para as pessoas, cidades e o planeta como: poluicão, acidentes e a debilitação da saúde. Tudo isso, contribui na perpetuação desse quadro deletério.
Infere-se, portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de políticas que visem a construção de um mundo melhor. É imprescindível que o Tribunal de Contas da União redirecione capital que por intermédio do Ministério da Infraestrutura e do governo federal, será revertido em investimentos nas infraestruturas nas cidades de todo o país, como a implementação de transportes coletivos "limpos"(metrôs, trens, bondes modernos e ônibus). É necessário fomentar a criação de calçadas, ciclovias e rampas para acesso aos cadeirantes com o objetivo de tornar o meio ambiente mais limpo de saudável e melhorar a mobilidade da sociedade brasileira. Só assim, a sociedade alcançará a utopia de More.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#48177
Na obra "Utopia", do escritor inglês Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. No entanto, o que se observa na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega, uma vez que a mobilidade urbana sustentável no Brasil apresenta barreiras, as quais dificultam os planos de More. Esse cenário antagônico é fruto tanto da falta de infraestruturas, quanto da indiferença da sociedade. Desse modo, torna-se fundamental a discussão desses aspectos, afim do pleno funcionamento da sociedade.
(Introdução bem contextualizada, não tenho nada a pontuar.)

Precipuamente, é fulcral pontuar, que a falta de infraestruturas nas cidades deriva. (da) baixa dos setores governamentais, no que concerne a criação de mecanismos que coíbam tais recorrências. Segundo o pensador Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar social da população. Entretanto, isso não ocorre no Brasil, devido a falta de atuação das autoridades. Muitas pessoas não tem (têm) acesso a melhores condições de deslocamento em uma cidade, como por exemplo, calçadas, ciclovias, terminais de ónibus e até mesmo cadeirantes são "vitimados". Logo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal.
(Ótimo desenvolvimento, só possue alguns deslizes.)

Ademais, é fundamental apontar a indiferença da sociedade como promotor da falta de integração da mobilidade urbana sustentável. Segundo Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, políticas e econômicas é característica da "modernidade líquida" vivida no século XXI. Logo, a sociedade prioriza o uso de transportes individuais motorizados (carros e motos), gerando muitos impactos negativos para as pessoas, cidades e o planeta como: poluicão, acidentes e a debilitação da saúde. Tudo isso, contribui na perpetuação desse quadro deletério.
(No segundo desenvolvimento faltou uma melhor assimilação entre o tema e a teoria do sociólogo)

Infere-se, portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de políticas que visem a construção de um mundo melhor. É imprescindível, que o Tribunal de Contas da União redirecione capital por intermédio do Ministério da Infraestrutura e do governo federal, (o qual) será revertido em investimentos nas infraestruturas nas (das) cidades de todo o país, como a implementação de transportes coletivos "limpos"(metrôs, trens, bondes modernos e ônibus). É necessário fomentar a criação de calçadas, ciclovias e rampas para acesso aos cadeirantes, com o objetivo de tornar o meio ambiente mais limpo, saudável e melhorar a mobilidade da sociedade brasileira. Só assim, a sociedade alcançará a utopia (a sociedade perfeita retratada) de(por) More.
(A conclusão está ótima assim como os desenvolvimentos)

Essa é a primeira correção que faço, por isso desculpa se pontuei alguma coisa errada. Do meu ponto de vista, sua redação está excelente, contudo, notei alguns deslizes de concordância, então te aconselho a focar um pouco nisso. Além do mais estudar vírgulas também. Não sou muito boa, mas se precisar estou disponível, é só marcar!❤

Vivemos numa atualidade em que o conceito de se &[…]

Segundo a música Admiram gado novo do canto[…]

O excesso de lixo no Brasil

Boa tarde, Juliana2020 você pode corrigir[…]

A Crise de 1929 – período marcado po[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM