• Avatar do usuário
#79998
Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul e ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993 disse que as pessoas aprendem a odiar, e se elas aprendem a odiar, podem ser ensinadas a amar. Grandes líderes como Mandela inspiram gerações, contudo, ao analisar a falta de empatia nas relações sociais no Brasil, percebe-se que as más atitudes de líderes brasileiros estão causando o efeito oposto, influenciando as pessoas a serem mais egoístas e narcisistas do que empáticas.
Primordialmente, tal prerrogativa pode ser evidenciada no sistema penitenciário brasileiro. De acordo com dados da World Prison Brief (WPB), o Brasil detém a terceira maior população carcerária do mundo, apresenta superlotação nas prisões e mantém um alto índice de reincidência. Ademais, a frase “bandido bom é bandido morto” foi uma das mais reproduzidas por membros do Governo Federal entre os anos de 2018 e 2022, o que salienta a falta de comprometimento do próprio estado brasileiro com o cumprimento dos direitos humanos e com a vida em sociedade.
Em contrapartida, as situações da Holanda e da Noruega exibem o oposto. Ao investir na qualidade das penitenciárias, propor punições menos severas e desenvolver projetos de reeducação carcerária, esses países manifestam os melhores índices de reabilitação dos prisioneiros. Estes, são exemplos que demonstram como a liderança de uma nação é importante para o desenvolvimento da empatia na sociedade.
Assim, torna-se explícito que a liderança do Brasil não busca incentivar as relações de simpatia na sociedade brasileira. Portanto, é necessário que o Governo Federal seja responsabilizado pelas falhas no exercício de seu poder político, e mude a direção de sua gestão governamental, por meio de investimentos dos ministérios da Educação e da Economia nas penitenciárias, visando a reabilitação dos prisioneiros, e nas escolas, a fim de ensinar as crianças e adolescentes sobre modelos conscientes e saudáveis de convívio social, em semelhança à países como a Noruega e a Holanda.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Excelente redação amigo.

@eurodrigo poderia dar uma olhada?

Correção flash • Modelo ENEM […]

Correção flash • Modelo ENEM […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM