Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57249
A Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, defende a manutenção do respeito entre os povos de uma mesma nação. No entanto, no cenário brasileiro atual, observa-se justamente o contrário, quanto à questão da falta de empatia nas relações sociais. Logo surge a necessidade de analisar o individualismo e a falta de debate sobre o assunto como principais responsáveis pela permanência do óbice.
Convém ressaltar, a princípio, que o egoísmo é um fator determinante para a persistência do problema. O sociólogo Zygmunt Bauman deixa claro em sua obra Modernidade Líquida, que os indivíduos estão mais preocupados com os próprios interesses do que com outros indivíduos. Nessa perspectiva pode-se observar que a maioria dos cidadão age de maneira pouco empática, importando-se somente com eles mesmos.
Além do mais ressalta-se que o preconceito tambem configura-se como um entrave no que tange à questão da empatia. Hanna Brendt afirma em sua teoria "banalidade do mal" que o comportamento xenófobo ou preconceituoso passa a ser realizado inconscientemente quando os indivíduos passam a normalizar tal situação. Sendo assim o preconceito enraizado, faz com que algumas pessoas se sintam superiores as outras devido sua origem, cor ou gênero. Em consequência a isso forma-se uma sociedade onde a empatia é apenas útopica.
Portanto uma intervenção faz-se necessária. Desse modo, é essencial que o Governo Federal, por meio da mídia e de escolas, promovam programas e campanas que abordem a importância da empatia para um bom convívio social. Assim, a sociedade poderá se conscientizar e viver de maneira harmônica.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 130

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Boa tarde, vou colocar aqui os pontos q eu acho q[…]

Ficaria muito feliz se pudessem corrigir a minha r[…]

jherodrigues Olá, pode corrigir minha re[…]

"O homem é aquilo que a educaç&[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM