#53822
O filme estadunidense de suspense “Mother!” estreado em 2017, traz de forma
metafórica os danos que os seres humanos causaram à natureza desde seu surgimento na
Terra. Embora a crítica seja alegórica, ela não está presente somente na ficção como
também voltada para a realidade do século XXI brasileiro. Assim mostra-se relevante
pensar na falta de consciência ambiental uma vez que se mantém em ação e agredindo
erroneamente a natureza configuram as maiores problemáticas desse pernicioso cenário.
Desde o surgimento da Revolução Industrial, o capitalismo tornou-se o projeto
econômico mais sucedido da contemporaneidade. Prova disso, a capitalização leva a uma
sociedade baseada no consumo e descarte, conhecida como “Sociedade do Capital”. Para
Albert Schweitzer, o homem domina a natureza antes que tenha aprendido a dominar a si
mesmo.No entanto, especialistas afirmam que a atitude de cada um pode influenciar
negativamente o bem-estar coletivo, assim como o planeta. Por conseguinte, a realidade
brasileira é inquestionavelmente vista como a consequência dos problemas ambientais
remanescentes, uma vez que persiste no cenário local.
Ademais, é fundamental salientar a falta de administração da conservação dos
espaços ambientais do Brasil, visto que as operações de desmatamento não autorizadas
nos revelam ações antrópicas, igualmente com a exploração desenfreada de recursos
naturais pertencentes ao território, paralelamente em vista do egoísmo humano, onde o
desequilíbrio entre a natureza o homem não poderá ser reconciliada. Para Martin Luther
King, o ser humano é aquilo que a educação faz dele. É indubitável a consciência ambiental
se há exploração de recursos propriamente naturais enquanto há a pertinência da alienação
ambiental.
Diante dos fatos mencionados, é mister que o Ministério do Meio Ambiente tome
providências para superar o impasse atual, através de financiamento de cursos públicos
voltados para a fiscalização ambiental. Além disso, em parceria com o Ministério da
Comunicação, a mídia como canal de informações ambientais com o objetivo de
conscientizar a população em prol da relação socioambiental e assim a realidade de
“Mother!” estará presente apenas na ficção.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Athesui maiconpgtu anaclaradll jheromagn[…]

O artigo 6º da constituição fed[…]

O romance "Lolita " de 1955,escrito pelo[…]

Limites do humor

Atualmente, o tema limitës do humor é […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM