• Avatar do usuário
#81213
Na obra "Cidadão de Papel", o Jornalista Gilberto Dimenstein afirma que, no Brasil, a população tem diversos direito que são assegurados pela Carta Magna de 1988, mas esses direitos não são respeitados. Analisando a conjuntura brasileira, é explicito que esses direitos não são garantidos, tendo em vista que os impactos gerados pela falta de conhecimento ambiental e o desequilíbrio ecológico ainda persiste. Dessa forma, é necessário intervir nessa questão, que é provocada não só pelo negaciosismo diante a crise ambiental, como também a falta de interesse e divulgação pela pauta ambiental
Em primeira análise, a Constituição Federal, promulgada em 88, garante que todo cidadão tem o direito de um meio ambiente equilibrado, mas, por falha do Poder Público enquanto agente assegurador de direitos mínimos, esse problema se perpetua na sociedade brasileira. Essa incoerência é clara diante as falas do presidente durante a reunião da ONU, e pelos comentários sádicos da bancada ruralista negando a crise ambiental no nosso País. Logo, é necessária uma intervenção para que essa situação caótica seja remodelada com o intuito de alcançar o equilíbrio ambiental esperado pela sociedade.
Posteriormente, vale ressaltar que a situação é corroborada pelo desinteresse pelo assunto. No decorrer da formação do Estado brasileiro, os problemas ambientais se fez presente em parte significativa do processo. Juntamente com a falta de senso crítico sobre a crise no ecossistema, em consequência à péssima forma de introdução ao assunto nas escolas e pela falta de divulgação do real impacto nas mídias sociais, faz com que esse problema perdure. Sendo assim, é fundamental uma reforma nas atitudes da sociedade civil para que, assim, o fim da inconsequência ambiental deixe de ser utopia.
Ao analisar os fatores, portanto, que agravam a irreflexão ecológica, torna-se imprescindível uma escapatória da problemática. Posto isso, é fundamental uma ação do Ministério da Educação, associado ao Ministério do Meio ambiente, através da criação de mini cursos para os professores do ensino básico, com o intuito de ensiná-los a introduzir o assunto de forma plausível e interativa para os alunos de todas as idades, gerando assim uma sociedade mais consciente para o futuro. Afinal, como dito por Yuri Schlindwein, o futuro para as crianças é como um brinquedo, basta ensina-los a brincar.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

Redação ENEM 2021

Na obra utopia do escritor inglês Thomas Mor[…]

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

A despeito de todo progresso científico e h[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM