Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#40140
A colonização do território brasileiro trouxe, como uma de suas várias consequências, a perseguição aos povos indígenas e, por consequência, a perseguição a cultura destes. Por conta disso, hoje, as línguas indígenas correm um grande perigo de serem extintas. Devido a esse problema, ações para a proteção dos indígenas e suas culturas são necessárias.

Primeiramente, destaca-se que até hoje os indígenas sofrem discriminação, sendo atacados das mais variadas formas. Entretanto a Constituição de 1988 deveria garantir a proteção desses povos, pois nela há a garantia de proteção aos povos originários. Tal constatação mostra que a Constituição não vem sendo seguida, o que torna a proteção de suas culturas impossível, assim, faz-se necessário uma ação para que os direitos desses povos não sejam desrespeitados.

Ademais, a preservação das línguas indígenas se torna um problema de educação, pois hoje a cultura indígena é completamente ignorada pela educação pública. O antropólogo Levi-Strauss constatou que o racismo científico, vigente no início do século XX, foi utilizado pra se promover um etnocídio de diversas culturas. Dessa forma, para garantir a preservação das línguas indígenas, se mostra de grande importância a utilização da educação, para que não ocorra maior perda cultural.

Portanto, para que o problema seja solucionado, reformas jurídicas e educacionais, promovidas pelo Ministério da Justiça e pelo Ministério da Educação, respectivamente, devem ser feitas, ambas por meio de verbas governamentais, visando o respeito à constituição e o ensino da cultura indígena nas escolas públicas. Somente assim esse grave problema poderá ser solucionado e os indígenas e sua cultura não correrão mais perigo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#40226
Boa tarde, vim explicar o porquê de cada nota que eu dei.

Competência 1 - 200 - O seu português no texto está adequado, exceto por alguns erros de uso de preposições, este que eu resolvi considerar na competência 4. Também tem um errinho de concordância no parágrafo 2, mas não descontei nenhum ponto.
Competência 2 - 200 - Você sabe como fazer um texto dissertativo-argumentativo e não fugiu do tema. Muito bem!
Competência 3 - 160 - No geral, você foi bem na competência 3, mas em alguns trechos a maneira como você argumentou pareceu não fazer muito sentido.
Competência 4 - 100 - O texto apresenta repetições demais e em algumas partes houve erro no uso de preposições.
Competência 5 - 200 - Eu pude identificar os cinco elementos essenciais de uma proposta de intervenção padrão ENEM em sua redação.

Apontei aqui todos os erros que encontrei em sua redação, exceto os de repetição, pois eles incluem, muitas vezes, mudança na estrutura da frase ao serem corrigidos.

A colonização do território brasileiro trouxe, como uma de suas várias consequências, a perseguição aos povos indígenas e, por consequência, a perseguição a (à) cultura destes. Por conta disso, hoje, as línguas indígenas correm um grande perigo de serem extintas. Devido a esse problema, ações para a proteção dos indígenas e suas culturas são necessárias.

Primeiramente, destaca-se que até hoje os indígenas sofrem discriminação, sendo atacados das mais variadas formas. Entretanto a Constituição de 1988 deveria garantir a proteção desses povos, pois nela há a garantia de proteção aos povos originários (Tá, mas você explicou um argumento com outro argumento que é quase o mesmo). Tal constatação mostra que a Constituição não vem sendo seguida, o que torna a proteção de suas culturas (das culturas de quem? Mesmo que dê para entender a frase pelo contexto, o ideal é colocar um termo como "indígenas" ou "povos originários" nesta parte) impossível, assim, faz-se necessário (necessária) uma ação para que os direitos desses povos não sejam desrespeitados.

Ademais, a preservação das línguas indígenas se torna um problema de educação, pois hoje a cultura indígena é completamente ignorada pela educação pública. O antropólogo Levi-Strauss constatou que o racismo científico, vigente no início do século XX, foi utilizado pra se promover um etnocídio de diversas culturas. Dessa forma, para garantir a preservação das línguas indígenas, se mostra de grande importância a utilização da educação, para que não ocorra maior perda cultural. (Eu não consegui estabelecer uma forte relação entre a ideia de Lévi-Strauss e o seu argumento. Acho que este repertório cairia melhor no primeiro parágrafo)

Portanto, para que o problema seja solucionado, reformas jurídicas e educacionais, promovidas pelo Ministério da Justiça e pelo Ministério da Educação, respectivamente, devem ser feitas, ambas por meio de verbas governamentais, visando o (ao) respeito à constituição e o (ao) ensino da cultura indígena nas escolas públicas. Somente assim esse grave problema poderá ser solucionado e os indígenas e sua cultura não correrão mais perigo.
#40347
Olá, Amanda, muito obrigado pela correção!
Achei que você explicou muito bem meus erros e apontou cada um certinho, assim fica mais fácil de ver onde errei e posso melhorar mais. Gostei muito mesmo da correção, sério, tá ótima!!!
Novamente, muito obrigado, me ajudou muito! :D :D
#40348
@Amanda1707, Olá, Amanda, muito obrigado pela correção!
Achei que você explicou muito bem meus erros e apontou cada um certinho, assim fica mais fácil de ver onde errei e posso melhorar mais. Gostei muito mesmo da correção, sério, tá ótima!!!
Novamente, muito obrigado, me ajudou muito! :D :D
#40351
JoaoAug escreveu:@Amanda1707, Olá, Amanda, muito obrigado pela correção!
Achei que você explicou muito bem meus erros e apontou cada um certinho, assim fica mais fácil de ver onde errei e posso melhorar mais. Gostei muito mesmo da correção, sério, tá ótima!!!
Novamente, muito obrigado, me ajudou muito! :D :D
De nada, e obrigada pelo elogio!

Geralcinoj Obrigadaaa😊😊 Disponha! Corrigind[…]

A constituição Federal garante o dir[…]

GlendaMorais dudaramos1 Ashiley Nicole18 […]

Segundo dados do Ministério da Saúde[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM