• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por LeoH
#82423
Na constituição brasileira, a educação é um direito fundamental do indivíduo. No entanto, tal privilégio não é bem aproveitado na sociedade brasileira atual, normalmente pelos jovens que optam por abandonar a escola e dedicar-se a trabalhar. Entre os principais motivos para esta decisão estão a falta de motivação para continuar os estudos e as desigualdades sócio-económicas.
Primeiramente, é necessário destacar a ausência de docentes que possam explicar de maneira acertada quais são os benefícios de estudar, muitas vezes por falta de capacitação. Adicionalmente com o anterior, as rotinas monótonas e a má planejação das aulas resultam na confusão e posterior desinteresse para continuar com os estudos. Segundo dados do Instituto Datafolha; em uma enquete, feita em setembro de 2020, a 1021 responsáveis de alunos entre 6 a 18 anos, 54% são alunos sem motivação para estudar, sendo cifras preocupantes para as exigências do mercado atual.
Apesar de que o estudo dá benefícios no futuro, é comum ver alunos abandonando a escola para ajudar na economia de casa, trabalhando por um salário menor do mínimo a causa da falta de um título profissional. Por outro lado, os casos de escolas criando obstáculos a possíveis ou atuais estudantes pertencentes a famílias de baixa renda; como em 2012, uma professora da Universidade Federal de Rio de Janeiro usou adjetivos ofensivos para referir-se à condição social de uma de suas alunas; tornam o centro educativo um lugar a ser evitado pelo ambiente discriminatório.
É notável como o estudante pode ser influenciado a abandonar seus estudos, porém o Estado e o Ministério da Educação devem ter como objetivo melhorar o ciclo escolar com um planejamento de aulas mais dinâmico apoiando-se das facilidades da tecnológicas, criação de bolsas que ajudem aos estudantes em situações precárias e o fortalecimento de leis que protejam a integridade do aluno.
Sem o suficiente apoio a evasão escolar se tornará em um problema que afete drasticamente a economia.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Day17
#82439
Segundo Zygmunt Bauman sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, políticas e econômicas é característica da "modernidade líquida" vivida no século XX. A evasão escolar no Brazil, ocorre pela negligência do governo.
A princípio, é interessante pontuar que tese é uma das causas do problema no país. De acordo com a constituição de 1998, o bem estar é um direito social. Nesse sentido imagina-se que o tema é garantido tais direitos. No entanto infelizmente o governo não atua em defesa, portanto é inadimissivel que esse cenário continue a perdurar.
É preciso que os indivíduos assumam portanto, sua responsabilidade diante da negligência do governo uma vez que a evasão escolar no Brazil. Sendo assim, desde que haja a parceria entre governo, será possível amenizar, construindo um Brazil melhor.

Anna1 xIsabellasz vingrid KarllaViit Pe[…]

se puderem corrigir essa redação, fi[…]

Parabéns amiga! :)

O quadro expressionista "O grito" do pin[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM