• Avatar do usuário
#67878
Um dos alicerces iluministas da revolução francesa, a igualdade, é fundamental para se ter uma sociedade mais justa. Entretanto, observa-se que esse pilar desaparece concomitantemente ao crescimento da evasão escolar em terras tupiniquins. Dessa forma, pode-se notar que a questão da saída ocorrente de alunos, nas escolas brasileiras, antes do previsto é bastante maléfico à população, pois favorece a sua manipulação, além de prejudicar o desenvolvimento socioeconômico nacional.
A priori, percebe-se que uma parcela da manipulação de parte do povo ocorre pela elevada evasão escolar, devido ao processo gradual de tornar a população ignorante, permitindo que governos atuem da maneira que preferirem, pois não serão refutados pela população em massa. Por exemplo, o revolucionário e libertador da américa, Símon Bolívar citou que: " Um povo ignorante é um instrumento cego para a sua própria destruição". Dessa maneira, é comprovado que quanto mais jovens evadem das escolas, a sociedade se torna menos crítica, nos deixando, enquanto corpo social, sem perspectivas melhores para o futuro, pois cada vez mais teremos pessoas ignorantes.
Em segundo plano, pode-se notar que o desenvolvimento socioeconômico brasileiro está atrelado diretamente a elevação dos níveis educacionais e, quando ocorre a evasão escolar, o país perde esse potencial de crescimento social e econômico. Um conhecimento geográfico sobre o capitalismo comenta que quanto maior o grau de educacional daquela nação, maior será a capacidade de criar tecnologias, e a venda de tecnologias é a principal característica de países desenvolvidos. Logo, entende-se uma das razões pelo qual o Brasil é subdesenvolvido, por não inventar e exportar tecnologias, devido ao baixo nível educacional em nossas terras.
Por conseguinte, é evidente que a evasão escolar no Brasil é um fenômeno que prejudica o país e a sua população conjuntamente. Portanto, o MEC - órgão responsável pela educação no país - deve realizar estudos mais bem elaborados, através de pesquisas de campo, a fim de compreender a realidade e os motivos de quem evade. Para que, dessa maneira, sejam oferecidos recursos e estruturas necessárias para o estímulo ao aprendizado e, consequentemente a permanência do aluno nas escolas, e futuramente poder amenizar o problema da falta de igualdade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

"Não tive filhos , não transmit[…]

De acordo com a constituição federal[…]

maiconpgtu Obrigadaa pelo seu tempo, Maicon😼💞💖 […]

geoca Isabelle10ra chihirukiki EmillyySi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM