Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#49457
Ao afirmar em sua célebre canção, "O Tempo não Para", o poeta Cazuza, faz de certo modo, uma comparação entre o futuro e o passado. De fato, ele estava certo, pois a evasão escolar em questão no Brasil, não é um problema atual, se mostrando presente desde as primeiras escolas inauguradas no país. De mesmo modo, na contemporaneidade, as dificuldades ainda persistem, seja pela falta de interesse dos alunos ou mesmo pela questão econômica das famílias.
Dessa maneira, deve-se destacar de início, a falta de interesse dos alunos, como um dos complicadores do problema. Nesse sentido, segundo o filósofo Rousseau, na obra "Contrato Social", cabe ao Estado viabilizar ações que garantam o bem-estar coletivo. No entanto, nota-se, no Brasil, que a evasão escolar, rompe com as defesas do filósofo iluminista, uma vez que com o abandono da escola pelos alunos pela falta de interesse, é ocasionado em uma sociedade deficitária em conhecimentos, afetando, assim, diretamente no coletivo. Dessa forma, é inaceitável que, em pleno terceiro milênio, os estudantes ainda sofram com a falta de estimulos por parte escolar e governamental, violando, assim, o que é exigido constitucionalmente.
Outrossim, vale ressaltar que a situação é corroborada pela questão econômica das famílias. No decorrer da formação do Estado brasileiro, a evasão escolar se fez presente durante parte significativa do processo. Isso aliado a falta de recursos do aluno em decorrência de sua situação econômica, contribui para que esse problema persista atualmente. Portanto, é fundamental uma revisão nesta questão para que haja apoio financeiro à todas as famílias, afim de minimizar essa questão.
Logo, diante dos fatos supracitados, sobre a questão da evasão escolar no Brasil, faz-se necessário que o Ministério da Educação, promova um projeto, chamado XÔ EVASÃO, o qual teria como função destacar a importância dos estudos na vida de uma pessoa, destacando também o forte estimulo que tal projeto teria, despertando, assim, o interesse de todos, sendo colocado em prática, principalmente em escolas, o que, mostraria resultados positivos no combate a evasão nas escolas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#49605
Ao afirmar em sua célebre canção, "O Tempo não Para", o poeta Cazuza, faz de certo modo, uma comparação entre o futuro e o passado. De fato, ele estava certo, pois a evasão escolar em questão no Brasil, não é um problema atual, se mostrando presente desde as primeiras escolas inauguradas no país. De mesmo modo, na contemporaneidade, as dificuldades ainda persistem, seja pela falta de interesse dos alunos ou mesmo pela questão econômica das famílias.

Dessa maneira, deve-se destacar de início, a falta de interesse dos alunos, como um dos complicadores do problema. Nesse sentido, segundo o filósofo Rousseau, na obra "Contrato Social", cabe ao Estado viabilizar ações que garantam o bem-estar coletivo. No entanto, nota-se, no Brasil, que a evasão escolar, rompe com as defesas do filósofo iluminista, uma vez que com o abandono da escola pelos alunos pela falta de interesse, é ocasionado em uma sociedade deficitária em conhecimentos, afetando, assim, diretamente no coletivo. Dessa forma, é inaceitável que, em pleno terceiro milênio, os estudantes ainda sofram com a falta de estímulos por parte escolar e governamental, violando, assim, o que é exigido constitucionalmente.

Outrossim, vale ressaltar que a situação é corroborada pela questão econômica das famílias. [faltou conectivo] No decorrer da formação do Estado brasileiro, a evasão escolar se fez presente durante parte significativa do processo. [faltou conectivo] Isso aliado a falta de recursos do aluno em decorrência de sua situação econômica, contribui para que esse problema persista atualmente. Portanto, é fundamental uma revisão nesta questão para que haja apoio financeiro à todas as famílias, afim de minimizar essa questão.
* Faltou comprovar o que se fala, ficou no senso comum. Tem que trazer citação ou dado

Logo, diante dos fatos supracitados, sobre a questão da evasão escolar no Brasil, faz-se necessário que o Ministério da Educação, promova um projeto, chamado XÔ EVASÃO, o qual teria como função destacar a importância dos estudos na vida de uma pessoa, destacando também o forte estimulo que tal projeto teria, despertando [evite gerúndio], assim, o interesse de todos, sendo colocado em prática, principalmente em escolas, o que, mostraria resultados positivos no combate a evasão nas escolas.
* Faltou finalidade

XxDamastco pode avaliar, por favor?

NayraSantos marliac Juliana2020 EduardoP[…]

Inspirado nos relatos da professora norte-american[…]

Tabagismo

De acordo com o filósofo Ralph Waldo, &quo[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM