Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#49305
Em análise aos problemas progressos a evasão escolar no Brasil, decorrência do abandono escolar mediante a fatores diretos na qual refere-se ao contexto educacional em que o aluno está inserido. De tal forma que, acarretam a dificuldade de progressão por razões mais abrangentes, cessando o jovem a pertencer por idade adequada a tal Educação Básica, consequentemente a falta de necessidades cognoscíveis torna-se mais vigente. Com isso, deve-se discutir sobre as dificuldades de aprendizagem e a formação cognoscente.

Diante desse cenário, a didática em docência do ensino superior(DES) implica no complexo processo de ensino de aprendizagem que envolve dois atores: o docente e o discente, ou seja, o professor e o aluno. Assim como, a defasagem dessas ações em incompatibilidade, aprimoração de novas habilidades e dinâmicas compensatórias, desestimulando o método de ensino docentes, porquanto a falta de estímulo familiar e os problemas com o acesso ao estabelecimento de ensino, embora não estejam diretamente ligados a escola, podem receber intervenções sociais, culturais e econômicas. Logo, o aprendiz por vezes desintrega como principal razão de não ocorrer recursos ou contéudos vigentes para uma motivação adaptativa que promovam o processo de inclusão de ensino-aprendizagem evidenciando um nível em discência educacional que necessita atenção e ensino mais delicado, pois suas práticas estão indeterminadas perante as capacidades pedagógicas que mencionavam tais favorecimentos conclusivos ao ensino discente e docente.

Ademais, em média 40,8% dos jovens não concluem o ensino médio até os 19 anos, em idade adequada. Assim como, englobando desde as dificuldades financeiras que obrigam os estudantes a trabalhar, falta de interesse ou motivação pelo processo de aprendizagem causam um despreparo profissional formal, tendo a ocasionar maiores dificuldades de inserção no mercado de trabalho, pois no mínimo obter a escolaridade básica em cena pode promover em partes benefícios para o cidadão na sociedade. Logo, tal como a remuneração torna-se mais difícil, as qualidades de serviços prestados nivelados para baixos índices gerando desmotivação mais abrangente e uma desigualdade social mais estimada, entre os 100 países com maior índice de desenvolvimento humano(IDH) o Brasil apresentava a terceira maior taxa de evasão escolar, assim motivos fixados ao trabalho, gravidez, problemas de saúde na família, de transporte ascenderam as respostas dos jovens cognoscentes que não conseguiram alcançar o objeto cognoscível, conhecimento, visando a formação humana em contexto situado.

Portanto, medidas estratégicas devem ser tomadas para alterar esse cenário. O Ministério da Educação(MEC) em conjunto com as escolas, devem fornecer práticas pedagógicas com intuito redobrado de caracterizar a atenção para o aluno desde suas primícias ao instituto educacional, adaptando modelos apropriados a cada jovem recorrente mantendo a eficácia de interesse ao ambiente estimado futurístico aos protagonistas, por meio disso, necessário pensar em políticas públicas em detalhamento a qualidade de ensino, acompanhamento frequente, ajudas e revertendo o máximo o aumento significativo da evasão no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#49571
Oi linda, vim corrigir :) , mas fique a vontade para questionar ou me corrigir em algo.

Em análise aos problemas progressos (1) a evasão escolar no Brasil, decorrência do abandono escolar mediante a fatores diretos na qual refere-se (2) ao contexto educacional em que o aluno está inserido. De tal forma que, (3) acarretam a dificuldade de progressão por razões mais abrangentes, cessando o jovem a pertencer por idade adequada a tal Educação Básica, consequentemente a falta de necessidades cognoscíveis torna-se mais vigente. Com isso, deve-se discutir sobre as dificuldades de aprendizagem e a formação cognoscente.
(1) Essa parte está estranha... faltou algum elemento, alguma coisa, dessa forma vou considerar como uma falha na estrutura. Primeiro que "progressos" é um substantivo e não um adjetivo de problemas, então seria "problemas de progresso", mas ai vem "a evasão", ou seja, deveria ficar "problemas de progressos da evasão"? Ou ficaria melhor "problemas progressivos da evasão"?
(2) Não precisa da preposição "em", por causa do verbo seguinte ("isso refere-se"). Outra questão é relacionada ao que está sendo retomado ( seria os "fatores", certo? ), mas isso não concorda com o artigo "a". Assim, teria que ser "os quais referem-se", a não ser que se pretenda retomar o "abandono", o que tornaria a frase como "o qual refere-se".
(3) "De tal forma que" não vai ficar igual a "Desse modo" (que se estivesse no lugar ficaria certo da maneira em que está) em relação a vírgula, porque a conjunção "que" é para introduzir imediatamente uma nova oração sem separar com a vírgula e não vejo outro motivo para colocá-la onde está.
---> Tente deixar mais claro suas ideias e cuidado com alguns detalhes.


Diante desse cenário, a didática em docência do ensino superior (DES) implica no complexo processo de ensino de aprendizagem que envolve dois atores: o docente e o discente, ou seja, o professor e o aluno. Assim como, a defasagem dessas ações em incompatibilidade, aprimoração de novas habilidades e dinâmicas compensatórias, desestimulando o método de ensino docentes, porquanto a falta de estímulo familiar e os problemas com o acesso ao estabelecimento de ensino, embora não estejam diretamente ligados a escola, podem receber intervenções sociais, culturais e econômicas. Logo, o aprendiz por vezes desintrega [desintegra] como principal razão de não ocorrer recursos ou contéudos [conteúdos] vigentes para uma motivação adaptativa que promovam o processo de inclusão de ensino-aprendizagem[,] evidenciando um nível em discência educacional que necessita atenção e ensino mais delicado, pois suas práticas estão indeterminadas perante as capacidades pedagógicas que mencionavam tais favorecimentos conclusivos ao ensino discente e docente.
---> Parece mais que teve alguns erros na digitação, mas mesmo até na hora de transcrever a redação tenha cuidado ;) . Não sei se é algum tipo de desconhecimento meu ou realmente poderia ter uma fonte mais evidente, o DES é de alguma matéria? Não tenho certeza se dá para considerar um repertório legítimo. Também acho que a frase final não precisava ter sido tão grande...

Ademais, em média 40,8% dos jovens não concluem o ensino médio até os 19 anos, em idade adequada (4). Assim como, englobando desde as dificuldades financeiras que obrigam os estudantes a trabalhar, falta de interesse ou motivação pelo processo de aprendizagem causam um despreparo profissional formal, tendo a ocasionar maiores dificuldades de inserção no mercado de trabalho, pois no mínimo obter a escolaridade básica em cena pode promover em partes benefícios para o cidadão na sociedade. Logo, tal como a remuneração [,] torna-se mais difícil, as qualidades de serviços prestados nivelados para baixos índices (evite essa inversão de sujeito e verbo em uma frase tão longa) [,] gerando desmotivação mais abrangente e uma desigualdade social mais estimada, [. (Sugestão de usar um conectivo)] entre os 100 países com maior índice de desenvolvimento humano(IDH)[,] o Brasil apresentava a terceira maior taxa de evasão escolar, assim motivos fixados ao trabalho, gravidez, problemas de saúde na família, [e] de transporte ascenderam as respostas dos jovens cognoscentes que não conseguiram alcançar o objeto cognoscível, conhecimento, visando a formação humana em contexto situado.
(4) É um dado, então é de se esperar que haja uma fonte
---> Trouxe várias informações e é muito interessante, mas pode focar mais em um único repertório e desenvolvê-lo junto com sua tese. Cuidado com as frases longas sem necessidade.


Portanto, medidas estratégicas devem ser tomadas para alterar esse cenário. (5) O Ministério da Educação (MEC) (Agente) [,] em conjunto com as escolas, devem fornecer práticas pedagógicas com intuito redobrado de caracterizar a atenção para o aluno (Ação) desde suas primícias ao instituto educacional (Detalhamento), adaptando modelos apropriados a cada jovem recorrente (Modo?)[,] mantendo a eficácia de interesse ao ambiente estimado futurístico aos protagonistas (Finalidade?), por meio disso,[é] necessário pensar em políticas públicas em detalhamento a qualidade de ensino, acompanhamento frequente, ajudas e revertendo o máximo o aumento significativo da evasão no Brasil (Fechamento da conclusão).
(5) Sugiro usar algum recurso coesivo do que já começar de cara com a proposta.
---> Poderia ter falado um pouco mais de como reverter ou abrandar o problema das situações nas quais os alunos encontram-se. Por fim, use conectivos no lugar do gerúndio para deixar mais claro os elementos da sua proposta, principalmente a finalidade e o modo. Como você já usa muito gerúndio ao decorrer do texto, tente fazer essa troca um pouco mais no desenvolvimento também. Isso mostrará que tem um bom repertório de recursos coesivos ;)

De acordo com a Constituição Federal[…]

Incluir algo, em determinado lugar, é devid[…]

A situação educacional brasileira e[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM