Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#51560
Nas tradicionais cerimônias de formatura, os graduandos de Medicina prometem em seu juramento não causar dano ou mal à alguém. Contudo, na sociedade brasileira, observa-se a presença de ações antiéticas que comprometem o exercício pleno da profissão. Nesse contexto, observa-se que o privilégio do lucro em relação à vida é uma das principais razões para as transgressões morais, além disso convém analisar a relação intrínseca entre a imoralidade médica e o "jeitinho brasileiro".
De início, constata-se que a mercantilização da saúde legitima as transgressões acerca da ética médica. Segundo Karl Marx, na realidade capitalista, os indivíduos e seu trabalho tornam-se mercadorias. Tal afirmativa explica o fato de atitudes como aplicação de silicone industrial e o escândalo da "Máfia das próteses" se fazerem presentes no noticiário brasileiro tendo em vista que exemplificam o privilégio do lucro em detrimento da vida de pacientes. Sob esse viés, enquanto o exercício profissional é tratado como mercadoria, a saúde da população não é prioridade o que compromete a qualidade e a ética dos atendimentos.
Ademais, é válido relacionar o popular "jeitinho brasileiro" com o tangenciamento da moral médica. O "Imperativo categórico" de Kant determina que uma ação só pode ser efetuada se qualquer indivíduo puder repeti-la, beneficiando o coletivo o que vai contra a teoria de Sérgio Buarque de Holanda que afirma que o brasileiro improvisa soluções para os seus problemas. Sendo assim, a falta de ética médica na realidade do Brasil tem origens histórico-culturais e é danosa à sociedade contemporânea uma vez que os interesses individuais se sobrepõe ao bem comum.
Por fim, conclui-se que a antiética médica é uma problemática urgente no Brasil. A fim de erradicá-la , cabe ao Governo Federal junto da mídia a criação de canais de denúncia, virtuais e por telefone, que facilite a punição de profissionais com condutas imorais. Dessa forma, a melhora na qualidade da saúde será o benefício para a sociedade que usufruirá de um sistema de saúde que atue de acordo com bem coletivo, assim como a teoria Kantiana.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Doenças psicológicas são tran[…]

Desigualdade racial no Brasil

Desde nosso descobrimento, por si só, o Bra[…]

De acordo com os dados divulgados pelo Grupo Gay d[…]

Machado de Assis, em sua fase realista, despiu a s[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM