Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#49896
O artigo 5°, da Constituição Federal de 1988, defende o direito pleno de qualquer cidadão. No entanto, percebe-se uma lacuna na garantia desse direito em relação da falta de educação nos presídios brasileiros no século XXI, o que, além de grave, torna-se um problema inconstitucional. Diante desta perspectiva, observa-se a consolidação de um cenário caótico, em virtude da má influência midiática e da lenta mudança na mentalidade social.
Antes de tudo, é preciso salientar que o silenciamento da mídia é uma causa latente do problema. Conforme Pierre Bourdieu, o que foi criado para ser instrumento de democracia não deve ser convertido em mecanismos de opressão. Sob ssse viés, pode-se observar que a mídia infelizmente não está cumprindo o papel que deveria, em vez de promover debates sobre a importância da educação nos presídios brasileiros com a população, ela está negligenciando este cenário por estar relacionado aos presidiários e que eles não devem ter educação.
Ademais, outra causa para a configuração dessa problemática é a mentalidade retrógrada. De acordo com Derkheim, o fato social é a maneira coletiva de pensar. Sob esta lógica, é possível perceber que a questão da falta de educação nos presídios brasileiros é fortemente influenciada pelo pensamento coletivo, pois se as pessoas crescem inseridas em um contexto social intolerante, a tendência é adotarem esse comportamento também, na qual, muitos grupos defendem que detentos não merecem estudos e sim, apenas pagar pelos crimes.
Portanto, medidas estratégicas serão necessárias para alterar esss cenário. Para isso, cabe ao MED criar campanhas que alertem sobre a importância desse assunto, por meio da produção de vídeos que revertam a má influência midiática no que diz respeito à educação nos presídios brasileiros, a fim de concientizar e trazer lucidez à população do problema. Nessas campanhas, seria viável convidar ex-detendos que foram beneficiados a relatarem suas experiências e publica-los nas redes sociais.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A constituição federal de 1988, docu[…]

Desde a terceira revolução industria[…]

A saúde mental é um fator de risco n[…]

No cenário atual encontra-se muitas pessoas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM