Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#48127
O Artigo 1° da Declaração Universal dos Direitos Humanos prevê que todas as pessoas são livres e iguais em dignidade e em direitos. Contudo, no que diz respeito
à disseminação da violência urbana no Brasil, esses direitos, previstos na declaração, não são cumpridos. Destarte, a irresponsabilidade estatal e a lacuna educacional configuram causas que tornam a problemática citada uma realidade no mundo contemporâneo.

Em primeira análise, a responsabilidade estatal é uma causa latente do problema. Nesse sentido, esta situação ignora o Contrato Social, proposto pelo filósofo John Locke, em que o Estado deve assegurar ao indivíduo a manutenção e a segurança de seus direitos naturais. Nessa perspectiva, é inadmissível que o Estado negligencie seus investimentos ao setor de segurança, visto que impede a diminuição da violência urbana, sofrida por muitos cidadãos e, ainda, inviabiliza a execução de políticas públicas, que se comprometem a reduzir os efeitos negativos da problemática, pois as mesmas necessitam de capital para a eficiência de seus objetivos.

Outrossim, a lacuna educacional é um fator que permite a perpetuação do problema. Nesse contexto, de acordo com o filósofo Immanuel Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob esse viés, nota-se que é, de tamanha irresponsabilidade, o fato de que muitas instituições escolares não promovem, de forma ampla, debates acerca da violência urbana no Brasil, uma vez que as mesmas consideram irrelevante a abordagem do problema em sala de aula. Com isso, essa ação ocasiona o silenciamento da problemática entre seus estudantes, já que os mesmos não têm acesso à discussão do assunto no ambiente escolar.

Portanto, faz-se necessária uma intervenção. Desse modo, cabe às Prefeituras Municipais destinarem mais verbas públicas ao setor de segurança e, em parceria com as instituições escolares locais, diminuir a disseminação da violência urbana, por meio de palestras em espaços públicos, a fim de tornar visível a problemática à população. Além disso, essas campanhas podem contar com a reprodução de filmes que abordam a violência urbana em seu enredo. Dessa forma, a violência urbana não será uma realidade no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#48133
O artigo 1° da Declaração Universal dos Direitos Humanos prevê que todas as pessoas são livres e iguais em dignidade e em direitos. Contudo, no que diz respeito à disseminação da violência urbana no Brasil, esses direitos, previstos na declaração, não são cumpridos. Destarte, a irresponsabilidade estatal e a lacuna educacional configuram causas que tornam a problemática citada uma realidade no mundo contemporâneo.
* Acredito que a introdução está boa, cuidado com o excesso de vírgulas

Em primeira análise, a responsabilidade estatal é uma causa latente do problema. Nesse sentido, esta situação ignora o Contrato Social, proposto pelo filósofo John Locke, em que o Estado deve assegurar ao indivíduo a manutenção e a segurança de seus direitos naturais. Nessa perspectiva, é inadmissível que o Estado negligencie seus investimentos ao setor de segurança, visto que impede a diminuição da violência urbana, sofrida por muitos cidadãos e, ainda, inviabiliza a execução de políticas públicas, que se comprometem a reduzir os efeitos negativos da problemática, pois as mesmas necessitam de capital para a eficiência de seus objetivos. [faltou arrematar a tese aqui]

Outrossim, a lacuna educacional é um fator que permite a perpetuação do problema. Nesse contexto, de acordo com o filósofo Immanuel Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob esse viés, nota-se que é, [sem vírgula] de tamanha irresponsabilidade, o fato de que muitas instituições escolares não promovem, de forma ampla, debates acerca da violência urbana no Brasil, uma vez que as mesmas consideram irrelevante a abordagem do problema em sala de aula. Com isso, essa ação ocasiona o silenciamento da problemática entre seus estudantes, já que os mesmos não têm acesso à discussão do assunto no ambiente escolar.
* Esse desenvolvimento está na estrutura certinho

Portanto, faz-se necessária uma intervenção. Desse modo, cabe às Prefeituras Municipais destinarem mais verbas públicas ao setor de segurança e, em parceria com as instituições escolares locais, diminuir a disseminação da violência urbana, por meio de palestras em espaços públicos, a fim de tornar visível a problemática à população. Além disso, essas campanhas podem contar com a reprodução de filmes que abordam a violência urbana em seu enredo. Dessa forma, a violência urbana não será uma realidade no Brasil.
* Acredito que a intervenção está completa

Espero ter ajudado e feliz natal! :D
#48135
jherodrigues escreveu:O artigo 1° da Declaração Universal dos Direitos Humanos prevê que todas as pessoas são livres e iguais em dignidade e em direitos. Contudo, no que diz respeito à disseminação da violência urbana no Brasil, esses direitos, previstos na declaração, não são cumpridos. Destarte, a irresponsabilidade estatal e a lacuna educacional configuram causas que tornam a problemática citada uma realidade no mundo contemporâneo.
* Acredito que a introdução está boa, cuidado com o excesso de vírgulas

Em primeira análise, a responsabilidade estatal é uma causa latente do problema. Nesse sentido, esta situação ignora o Contrato Social, proposto pelo filósofo John Locke, em que o Estado deve assegurar ao indivíduo a manutenção e a segurança de seus direitos naturais. Nessa perspectiva, é inadmissível que o Estado negligencie seus investimentos ao setor de segurança, visto que impede a diminuição da violência urbana, sofrida por muitos cidadãos e, ainda, inviabiliza a execução de políticas públicas, que se comprometem a reduzir os efeitos negativos da problemática, pois as mesmas necessitam de capital para a eficiência de seus objetivos. [faltou arrematar a tese aqui] Muito obrigada! Feliz Natal para você também!

Outrossim, a lacuna educacional é um fator que permite a perpetuação do problema. Nesse contexto, de acordo com o filósofo Immanuel Kant, o ser humano é resultado da educação que teve. Sob esse viés, nota-se que é, [sem vírgula] de tamanha irresponsabilidade, o fato de que muitas instituições escolares não promovem, de forma ampla, debates acerca da violência urbana no Brasil, uma vez que as mesmas consideram irrelevante a abordagem do problema em sala de aula. Com isso, essa ação ocasiona o silenciamento da problemática entre seus estudantes, já que os mesmos não têm acesso à discussão do assunto no ambiente escolar.
* Esse desenvolvimento está na estrutura certinho

Portanto, faz-se necessária uma intervenção. Desse modo, cabe às Prefeituras Municipais destinarem mais verbas públicas ao setor de segurança e, em parceria com as instituições escolares locais, diminuir a disseminação da violência urbana, por meio de palestras em espaços públicos, a fim de tornar visível a problemática à população. Além disso, essas campanhas podem contar com a reprodução de filmes que abordam a violência urbana em seu enredo. Dessa forma, a violência urbana não será uma realidade no Brasil.
* Acredito que a intervenção está completa

Espero ter ajudado e feliz natal! :D

A constituição federal de 1988, no s[…]

Atualmente, os casos de transtornos mentais tem au[…]

No filme "Coringa" é retratado um[…]

Observa-se que, nos últimos anos na socieda[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM