Avatar do usuário
Por Barbara1912
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#102410
O filósofo brasileiro Raimundo Teixeira Mendes, em 1889, adaptou o lema positivista "Ordem e Progresso" não só para a Bandeira Nacional, mas também para a nação que, no contexto hodierno, enfrenta significativos estorvos para o seu desenvolvimento. Lamentavelmente, entre eles, a dificuldade de erradicar o trabalho infantil representa uma antítese à máxima do símbolo pátrio, uma vez que tal postura resulta na desordem e no retrocesso do desenvolvimento social. Esse lastimável panorama é calcado na inoperância estatal e tem como consequência o abandono escolar.
De início, há de se constatar a débil ação do Poder Público enquanto mantenedora da problemática. Acerca disso, o filósofo inglês Thomas Hobbes, em seu livro "Leviatã", defende a incumbência do Estado em proporcionar meios que auxiliem o progresso da coletividade. As autoridades, contudo, vão de encontro com a ideia de Hobbes, uma vez que possuem um papel inerte em relação ao trabalho infantil. Esse cenário decorre do fato de que, assim como pontuou o economista norte-americano Murray Rothbard, uma parcela dos representantes governamentais, ao se orientar por um viés individualista e visar a um retorno imediato de capital político, negligencia a conservação de diretos sociais indispensáveis, como os direitos humanos de criança e adolescentes. Logo, é notório que a omissão do Estado perpetua o labor infantil no Brasil.
Por conseguinte, engendra-se a evasão escolar. Posto isso, de acordo com a UNICEF 11% das crianças e adolescentes estão fora da escola. Diante de tal exposto é perceptível que quanto mais precoce é a entrada no mercado de trabalho, menor e a renda obtida ao longo da vida adulta, já que a criança que trabalha geralmente reproduz o perfil de outras gerações familiares sem a conscientização e direito à novas oportunidades, dificilmente as crianças com esse perfil conseguem romper o ciclo da pobreza. À vista disso, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
Depreende-se, portanto, que é 'mister' a educação governamental no trabalho infantil. Assim, a fim de dar um basta nessa situação, cabe ao Poder Executivo Federal, mais especificamente o Ministério do Trabalho, ampliar as vagas de emprego. Tal ação deverá ocorrer por meio da aplicação de novas leis. Somente assim, como conjuntura de tais ações, os brasileiros verão o progresso referido na Brandeira Nacional Brasileira como uma realidade. 8-)
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
98 Exibições
por TataCastro
3 Respostas 
818 Exibições
por OlrenBeat
0 Respostas 
110 Exibições
por alunakiara
3 Respostas 
185 Exibições
por Felipe082
1 Respostas 
225 Exibições
por Lauany25
0 Respostas 
40 Exibições
por Alunaing
0 Respostas 
191 Exibições
por Bibizinha006
0 Respostas 
97 Exibições
por madu0090
0 Respostas 
169 Exibições
por Lyh
0 Respostas 
98 Exibições
por oieanderson

Crítico. Tolerante. Consciente. Esperan&cce[…]

Desde o período antigo, filósofos co[…]

O trabalho sempre foi alvo de uma suposta valoriza[…]

Como tudo no mundo, os recursos tecnológico[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM