• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Jaysa
#63769
A Desigualdade Social não é problema exclusivo do Brasil, no Antigo Egito por volta de 3200 a.c., já existia essa questão. Os egípcios eram classificados em uma escala social, onde o topo era ocupado pelo "faraó", esse que tinha o poder da dominância sobre tudo no país, o Egito também era um estado estamental, ou seja, as pessoas nunca mudavam de posição financeira, permaneciam na mesma função social que seus parentes. De maneira análoga a isso, existem dois fatores responsáveis pela desigualdade social brasileira, a segregação socioespacial e a falta de recursos dos governos.

Em primeiro plano, podemos destacar, a segregação socioespacial, como contribuinte dessa problemática. Desse modo, segundo dados levantados do IBGE, o Brasil é o nono país mais desigual do mundo, onde o salário mensal de apenas 1% da população mais rica é quase 30 vezes maior que da população mais pobre. Dessa forma, fazendo com que as pessoas menos favorecidas sejam automaticamente colocadas em bairros de periferias, sem ter a opção de mudança, devida á precariedade.

Além disso, é notório que a falta de recursos governamentais é um fato que aumenta a desigualdade no Brasil. De acordo com o quinto artigo da Constituição Federal "todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros residentes no país a inviabilidade do direito á vida, liberdade, igualdade, segurança e á propriedade". Dessa forma, o artigo destaca situações, que no Brasil ainda não é uma realidade, isso se deve pela falta de infraestrutura do governo que contribui esse desequilíbrio social.

Portanto, fica evidente a necessidade de medidas que venham conter a desigualdade social. Por conseguinte cabe aos governos federais dos estados, promover campanhas políticas ao socialismo, por meio de partidos socialistas em evidência nas eleições, a fim de que o socialismo contribua para a igualdade social e econômica do país. Somente assim a desigualdade será abolida.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A cultura de assédio no Brasil

No livro “50 tons de cinza” é a[…]

joenir jheromagnoli cassiahso Higorrair

Peso: 1000 Nota: 1000 Conforme o escritor Franz K[…]

Doença mental

Para a OMS, saúde não engloba apena[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM