• Avatar do usuário
#73712
Na serie televisiva estadunidense "Expresso do Amanhã", a vida humana foi extinta e aqueles que sobreviveram vivem em uma locomotiva de 1001 vagões que apresenta uma clara divisão de classes sendo a quarta e última delas, habitada por aqueles que invadiram trem, completamente marginalizada. Similarmente é explícito tal comportamento de marginalização na sociedade contemporânea brasileira, que exclui parcela da população de atividades educativas e socioculturais, além de impossibilitá-la viver de forma digna conforme o previsto na Constituição Cidadã.

Em primeira análise, cabe salientar que o cenário atual do país, além de corroborar com o cenário do século XX, piorou, visto que a concentração de renda de 1% dos mais ricos da população é o mesmo que 50% dos mais pobres. Nesse sentido, fica evidente que em relação a atividades educativas e socioculturais, grande parcela do povo brasileiro não consume e usufrui igualmente, uma vez que somente 21% dos habitantes do pais têm nível superior e 42% não consume cultura. Tal conjuntura, de acordo com Marx, é resultado da ideia de que as condições sociais são influenciadas pelas condições econômicas. Assim, pode-se contextualizar que os mencionados fatores contribuem para com o aumento de índice de violência e criminalidade, do desemprego e para com a diminuição de um desenvolvimento social pleno.

Por conseguinte, é igualmente preciso destacar que, essa parcela marginalizada da sociedade desconhece de seus direitos essenciais, previstos e garantidos pela Constituição Cidadã, e passam a considerá-los privilégios que só serão conquistados ao "mudarem para uma vida melhor". Por outro lado, mesmo os indivíduos que reconhecem suas condições sociais e direitos, são silenciados tanto pela sociedade quando pelo próprio Estado que não se prontifica em proporcionar informações sobre os direitos de todos, principalmente à aqueles que são mais vulneráveis e ignorantes.

Portanto, frente a tal problemática, faz-se imprescindível que o Ministério Público, responsável pela manutenção da ordem jurídica, reivindique do Estado um melhor desenvolvimento de políticas sociais que garantam aos alunos do Brasil o seu pleno direito ao consumo cultura e educação através de um redirecionamento de verbas ao Programa de Auxílios Estudantis (PAE). Além disso, é também necessário que o Ministério de Educação e Cultura (MEC) promova práticas inclusivas e informativas por meio de instituições educacionais e de debates nas redes sociais para que seja entregue à grande parte da população tal conhecimento essencial.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Com a ascensão da "pandemia do covid-1[…]

No filme Maze Runner é retratado um mundo p[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/tendencias-e[…]

Se vocês puderem corrigir minha redaç[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM