Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#47535
O poema “Erro de Português”, do escritor brasileiro Oswald de Andrade, faz alusão à dominação dos portugueses em relação aos povos nativos brasileiros que iniciou-se a partir do século XV. Nesse âmbito, é explícito que ainda persiste, na sociedade contemporânea brasileira, o sentimento de apropriação para com os indígenas, sobretudo no que tange à posse e exploração de seus territórios e, ademais, nas tentativas de aculturação dos nativos. Desse modo, infere-se que há uma carência por parte do governo na preservação no direito indígena à terra e na conservação de sua cultura.
Primeiramente, de acordo com o jornal Diário do Nordeste, cerca de 13% do território nacional é designado aos índios, o que, na prática, é insuficiente para abranger todas as tribos. Sendo assim, consta-se que, com as falhas dos serviços de proteção, o mercado - que visa o lucro e grande produção – acaba por invadir e se apoderar das terras, que ocasiona a desestruturação das tribos. Dessa forma, os indígenas perdem gradativamente suas localidades, apesar de possuí-las anterior à criação do próprio Estado.
Outrossim, se há a necessidade de sobrevivência da cultura indígena, faz-se logico admitir que existem empecilhos em sua execução. Congruente a isso, o trecho “está em tudo e mesmo assim ninguém lhe dá ao menos obrigado”, retirado da música “Índios”, da banda Legião Urbana, salienta a presença inerente dos costumes indígenas em todos os quesitos da cultura brasileira e, ainda assim, persevera a desvalorização e o preconceito com os nativos entre os brasileiros. À vista disso, é primordial que haja o reconhecimento das práticas brasileiras que são oriundas dos indígenas, para que a inércia da intolerância seja quebrada.
Portanto, ainda há entraves na solidificação de medidas que favoreçam a demarcação de terras e a cultura indígena. Por conseguinte, é incumbência do Estado, por meio da FUNAI (Fundação Nacional do Índio) em parceria do Poder Judiciário – como instância máxima na aplicabilidade de leis -, assegurar os indígenas de seus territórios e incluir todas as tribos no processo de demarcação, com o intuito de os proteger de possíveis invasões e desintegração dos povos, além de garantir a conservação da cultura e costumes indígenas como patrimônio nacional, a fim de contribuir para a valorização e aceitação dos não-índios. Destarte, espera-se minimizar os obstáculos para que o poema “Erro de Português” seja apenas uma alusão ao passado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A Constituição Federal de 1988, a co[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

Segundo dados da Organização Mundial[…]

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&ati[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM