Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#58161
Na história da humanidade sempre houve a necessidade de se movimentar para determinados lugares, para isso, buscaram alternativas mais simples como montarias em animais. Desde 1886 quando o primeiro carro foi criado, a tecnologia se expandiu e hoje os automóveis se tornaram os principais meios de transporte, no Brasil isso não divergiu, com a 6° maior população do mundo, suas grandes metrópoles possuem uma grande concentração de tráfego terrestres. Isso gera problemas como a poluição produzida pelo uso de combustíveis fósseis e o congestionamento de estradas.

Os combustíveis fósseis são todos os combustíveis oriundos da natureza, no contexto relativo á poluição por automóveis, eles representam 1/4 de toda a poluição de CO2 no mundo, poluição essa que além de causar problemas de saúde, é responsável pelo aquecimento global o que aumenta o nível das águas e dificulta o plantio de alimentos. No Brasil, Segundo o G1 60% dos gazes poluentes são originados de carros e outros automóveis, um exemplo disso são os materiais particulados(MP) que são as menores partículas de um composto e podem ser inaladas, trazendo assim problemas de saúde para a população, cada carro movido a combustível fóssil produz individualmente 18,5 MP por quilômetro, causando assim um "deficit" no meio ambiente e segundo a ONU esses problemas ambientais são a principal "doença dos últimos anos".

Ademais, a falta de novas vias e o crescimento econômico e demográfico das grandes cidades geram congestionamentos de automóveis em todos os lugares do mundo são os principais causadores de acidentes automobilísticos. Em todo o Brasil é possível encontrar engarrafamentos de trânsito, em São Paulo, por exemplo, o esquema elaborado todos os anos pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), aponta que o número de mortes causadas no trânsito na cidade em 2019 foi de 791 e de motociclistas e passageiros sendo de 216 no ano. Somado ao estresse causado pelo trânsito, o torna um perigoso problema que afeta diretamente a população e a economia da localidade, além disso, a recente queda na criação de novas ciclovias, ciclofaixas, dentre outros, demonstra que o trânsito tende a crescer mais durante os próximos anos.

Dessa forma, é notório a importância da discussão e do debate sobre a mobilidade urbana, que se mostra como um tema recorrente nos dias atuais. Primeiramente é necessário a adesão de combustíveis limpos ou carros elétricos para assim diminuir os poluentes, essa ação deve ser tomada pelos meios econômicos do país, além disso, o governo deve tomar medidas que ajudem a diminuir o trânsito nas cidades como uma reestruturação rodoviária, pedágios urbanos ou investir em transporte coletivo não necessitando de uma reformulação completa. Assim, diminuindo a crise da necessidade de se deslocar pelo mundo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#58168
Marcs13 escreveu:Na história da humanidade sempre houve a necessidade de se movimentar para determinados lugares, para isso, buscaram alternativas mais simples como montarias em animais. Desde 1886 quando o primeiro carro foi criado, a tecnologia se expandiu e hoje os automóveis se tornaram os principais meios de transporte, no Brasil isso não divergiu, com a 6° maior população do mundo, suas grandes metrópoles possuem uma grande concentração de tráfego terrestres. Isso gera problemas como a poluição produzida pelo uso de combustíveis fósseis e o congestionamento de estradas.

Os combustíveis fósseis são todos os combustíveis oriundos da natureza, no contexto relativo á poluição por automóveis, eles representam 1/4 de toda a poluição de CO2 no mundo, poluição essa que além de causar problemas de saúde, é responsável pelo aquecimento global o que aumenta o nível das águas e dificulta o plantio de alimentos. No Brasil, Segundo o G1 60% dos gazes poluentes são originados de carros e outros automóveis, um exemplo disso são os materiais particulados(MP) que são as menores partículas de um composto e podem ser inaladas, trazendo assim problemas de saúde para a população, cada carro movido a combustível fóssil produz individualmente 18,5 MP por quilômetro, causando assim um "deficit" no meio ambiente e segundo a ONU esses problemas ambientais são a principal "doença dos últimos anos".

Ademais, a falta de novas vias e o crescimento econômico e demográfico das grandes cidades geram congestionamentos de automóveis em todos os lugares do mundo, são os principais causadores de acidentes automobilísticos. Em todo o Brasil é possível encontrar engarrafamentos de trânsito, em São Paulo, por exemplo, o esquema elaborado todos os anos pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), aponta que o número de mortes causadas no trânsito na cidade em 2019 foi de 791 e de motociclistas e passageiros sendo de 216 no ano. Somado ao estresse causado pelo trânsito, o torna um perigoso problema que afeta diretamente a população e a economia da localidade, além disso, a recente queda na criação de novas ciclovias, ciclofaixas, dentre outros, demonstra que o trânsito tende a crescer mais durante os próximos anos.

Dessa forma, é notório a importância da discussão e do debate sobre a mobilidade urbana, que se mostra como um tema recorrente nos dias atuais. Primeiramente é necessário a adesão de combustíveis limpos ou carros elétricos para assim diminuir os poluentes, essa ação deve ser tomada pelos meios econômicos do país, além disso, o governo deve tomar medidas que ajudem a diminuir o trânsito nas cidades como uma reestruturação rodoviária, pedágios urbanos ou investir em transporte coletivo não necessitando de uma reformulação completa. Assim, diminuindo a crise da necessidade de se deslocar pelo mundo.

Promugada pela ONU em 1948, a declaraç&atil[…]

Sua redação não encaixa corre[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

"Só pro meu prazer..."

Obrigada Ashiley , ficarei mais atenta quanto as […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM