• Avatar do usuário
#69263
Na obra "utopia", o escritor Thomas More retrata uma sociedade perfeita, na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos. Hodiernamente, o que se observa na, realidade contemporânea, é o oposto do que o autor prega, uma vez que a sociedade brasileira possui um alto índice de violência. Logo, faz-se mister a implementação de medidas em consequência da desigualdade social e do baixo investimento na educação.
Em primeiro lugar, é necessário proferir que a desigualdade social no Brasil, prejudica consideravelmente o bem-estar da própria população do país, já que, limita o acesso à direitos básicos. Nesse âmbito, de acordo com a promulgação da ONU, em 1948, todo o indivíduo possui direito à educação, saúde, segurança e ao bem-estar social. Todavia, essa proposta falha na prática, visto que, o Estado desvale da necessidade de ampliar as políticas públicas, como conceder maiores oportunidades de vida, de estudo e de crescimento profissional, da mesma maneira que às outras pessoas mais favorecidas, tornando-se imprescindíveis previdências governamentais.
Ademais, também se faz importante salientar a negligência governamental com relação ao baixo investimento educacional, logo que, a falta de uma educação de qualidade caracteriza-se como um dos fatores que validam a persistência da problemática. É lícito referenciar a fala do economista, Arthur Lewis, de que a educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido. Entretanto, é notório que, no Brasil, esse ideal não é concretizado, pois o Estado não oferece suporte para que as crianças e adolescentes possam estudar sem a preocupação de precisar trabalhar para garantir a renda familiar. Logo, é fundamental a construção de um novo cenário na educação pública.
Dado o exposto, é fundamental a aplicação de medidas que mitiguem os efeitos negativos, refletidos devido a violência no Brasil. Para isso é papel das escolas/instituições junto ao poder público traçar planos e metas para maior incentivo aos estudos, como o pagamento de uma bolsa estudantil para que os discentes não se submetam ao mundo do crime ou mesmo abandonem às escolas para trabalhar, ajudando assim, na fonte de renda dos menos favorecidos. Feito isso, o Brasil poderá gradativamente, mudar a atual situação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

mick3y , oie! Como vai? Aristóteles, fil&[…]

Boa a tarde a todos.... Caros colegas dar uma olh[…]

Sua redação está maravilhosa,[…]

A agricultura familiar é de suma import&aci[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM