Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57632
Segundo as ideias do filósofo Aristóteles, a educação é um dos principais meios de preparar o homem para viver em sociedade. Entretanto, essa idealização citada não condiz com a realidade brasileira, em razão das alterações linguísticas que ocorre ao longo das gerações, sendo responsável pela exclusão de diversos grupos sociais, por meio da falia na compressão, comunicação e também da escrita, entre esses falantes. Diante dessa perspectiva, cabe analisar as razões que levaram a permanente transformação linguística e as consequências causada por essas variações nas relações cotidianas.
Convém, ressaltar a princípio que a alteração linguística é gerada em decorrência do tempo, espaço e grupo social. Prova disso, é a Globalização, um cenário de maior instantaneidade e proveniente de uma necessidade da linguagem mais dinâmica. Nesse contexto, possibilitou a utilização das recorrentes abreviações e inovações no vocabulário, por estarem situados em um tempo vinculado a modernidade/ progresso e inseridos no espaço de enormes descobertas tecnológicas, além de que as diversas gerações vivenciam diferentes experiências e isto se reflete nos respectivos sistemas linguísticos.
Outro aspecto importante, nessa temática, é amputação das relações habituais entre gerações distintas e o abismo na forma de se expressar tanto por linguagem verbal ou não verbal, desses grupos sociais. Ademais, notamos que esse conflitos se reconstroem ao longo da história, na medida que acontecem transformações nas questões comportamentais, em razão da evolução do pensamento humano. Logo, reforçamos que esses choques entre a linguagem arcaica e hordiena, estão ligados a uma parcela que vivem em maior liberdade e outra que impõem- lhes regras a serem seguidas, ocasionando uma restrição entre uma comunidade e outra.
Diante da problemática abordada,tem- se portanto, que o Estado por seu caráter socializante e abarcativo deverá promover educação de qualidade, que visem garantir a inclusão das diversas gerações brasileiras, tanto no meio econômico, político, comercial e principalmente linguístico, isso através dos 3 poderes garantindo efetivamente, um conhecimento que abrange vocabulário mais primordial, como contemporâneo, dessa forma comprovando o ideal de que a educação é um dos principais aliados para o convívio social, proposto por Aristóteles. Dessa forma , o Brasil conseguirá, adequar o vocabulário entre as diversas gerações, evitando a exclusão de qualquer grupo social.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A constituição federal de 1988, docu[…]

Para a pensadora Hannah Arendt, "a essê[…]

"Eu não trabalhava, eu não sabi[…]

gostei muito da sua redação, s&oacut[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM