• Avatar do usuário
#70828
O filósofo e padre São Tomás de Aquino defendeu que todas as pessoas precisam ser tratadas com a mesma importância. Ademais, a questão da acessibilidade em respeito aos direitos da pessoa portadora de necessidades especiais contraria o ponto de vista do filósofo, uma vez que, esse grupo torna - se vulnerável perante a lacuna na manutenção de seus direitos na sociedade. Nesse sentido, é preciso que estratégias sejam aplicadas para alterar essa situação, que possui como causas: A falta de infraestrutura e o individualismo.
Segundo a Constituição Federal de 1988, no seu artigo 196, é dever do Estado garantir o acesso à saúde, bem como é responsável pelas medidas públicas para zelar pelo bem-estar físico de todos os cidadãos brasileiros. Entretanto, a casos que o Estado não proporciona a acessibilidade que um indivíduo com necessidades especiais necessitam, pois, é comum calçadas em péssimas condições, falta de guias rebaixadas, transporte precário e diversas barreiras em propriedades públicas e privadas.
Outrossim, pode-se afirmar que o individualismo é outra grande problemática que dificulta mais ainda a convivência de indivíduos com necessidades especiais em sociedade, pois o mesmo faz com que pessoas tomem os direitos que são atribuídos aos mesmos, por exemplo, ocupam a vaga reservada para deficientes ou utilizam o acento diferencial nos transportes públicos sem terem comorbidade alguma.
Portando, é perceptível que medidas devem ser tomadas diante das problemáticas citadas anteriormente. O Governo junto ao Ministério da Saúde, deve elaborar projetos de conscientização, através de palestras e campanhas, informando sobre os direitos atribuídos as pessoas com necessidades especiais, buscando a compressão e respeito a essa parcela da sociedade. Além disso, devem ser feitas melhorias na infraestrutura urbana para que essas pessoas se locomovam com mais facilidade e se sintam igualmente tratadas com a mesma importância que Tomás de Aquino defendia.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Pirataria digital pode ser prevenida

No que se concerce a pirataria digital é um[…]

OLÁ JO! Tudo bem? Espero que seu dia est[…]

HABILIDADES SOCIOEMOCIONAIS

Para o filósofo grego Aristóteles, q[…]

O peso de ser gentil

Cordialidade trata-se do bom recebimento e tratam[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM