• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#73034
O filme francês conhecido como "Lindinhas", exibido na Netflix, revela a superexposição de crianças com idade entre onze e doze anos, por meio de danças vulgares, geradas pela erotização precoce e comportamentos que não condizem com sua faixa etária. Nesse sentido, fora da ficção, infelizmente percebe-se que, no Brasil contemporâneo, muitas crianças acabam sendo induzidas a essa atitude problemática. Assim, torna-se imperioso discutir sobre a adultização infantil como impulsionadora de uma exibição prematura, em consequência da mídia e do descuido familiar.

Em primeiro plano, nota-se que o ato de impor práticas e responsabilidades de um adulto sobre uma criança perpetuam o impasse. Com isso, de acordo com a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito "Banalidade do mal", discute sobre como a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade. Nesse sentido, é evidente que adultização precoce traz grandes malefícios ao desenvolvimento de uma criança, visto que assume práticas que não deveriam ser retratadas por um sujeito que ainda possui seu senso crítico em formação, como, por exemplo, a cantora MC Melody, que aos doze anos se vestia e se comportava de forma erorizada, sendo tratada como uma adulta, ao iniciar sua carreira em um ambiente artístico prejudicial. Portanto, mudanças são necessárias para que atos impróprios não sejam normalizados pelo corpo social.

Outrossim, vale abordar o descuido familiar com as influências midiáticas. Dito isso, atualmente, muitas crianças acabam tendo um acesso excessivo de aparelhos tecnológicos–como celulares e televisões–, assim, estando mais propícias a se depararem com exibições impróprias que poderiam atrair sua curiosidade e ocasionar o interesse, mesmo que inocente, em praticar tais atos. Logo, sendo influenciados pelo que é disseminado na mídia, como a prática descuidada do canal "HBO", ao propagar o filme "Festa da Salsichas"– animação com conteúdo erótico, tema de violência e linguajar inapropriado– em horário diurno, que poderia ser facilmente confundido com um desenho infantil. À vista disso, é indubitável uma maior atenção familiar às crianças.

Em suma, visando mitigar os entraves à resolução da erotização infantil. Enfim, Cabe ao Governo Federal por meio de palestras e comunicados feitos pelo Instituto da Criança e do Adolescente (ECA),— conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro para a proteção integral das crianças e de adolescentes — esclarecer maneiras apropriadas de se conversar e interagir com as crianças em fase de crescimento, sobre as questões da sexualidade. Assim, objetivando priorizar a importância do monitoramento e de proporcionar um tempo essencial para dedicar-se em estar inserido na vida desses indivíduos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 167

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#73035
OLÁ GALERINHA! Tudo bem? Espero que seu dia esteja "maravilindo"!😺👋🏻

— Fiz essa redação e gostaria, se possível, que me ajudassem dando dicas e corrigindo. Obrigado desde já, façam isso no seu tempo, não precisa ser de imediato.

@eurodrigo
@hel0oooo
@KISTX
@Gi69
@Dante
@geoca
@glauberx1

— quem não estiver marcado e quiser pontuar algo, fique à vontade.
#73080
Oiii @EmillyySilva, tudo bem??? Antes de começar a corrigir sua redação, eu gostaria de deixar claro que ainda estou no começo do meu processo de aprendizagem então, por favor, me perdoe se errar algo, ok? Sinta-se livre para contestar qualquer parte desta análise.

observações
comentários
possíveis erros
reescrita/correção
desnecessário


introdução

O filme francês conhecido como "Lindinhas", exibido na Netflix, revela a superexposição de crianças com idade entre onze e doze anos, por meio de danças vulgares, geradas [concorda com "superexposição", logo, singular] pela erotização precoce e [por] comportamentos que não condizem com sua faixa etária. Nesse sentido, fora da ficção, infelizmente percebe-se que, no Brasil contemporâneo, muitas crianças acabam sendo induzidas a essa atitude problemática. Assim, torna-se imperioso discutir sobre a adultização infantil como impulsionadora de uma exibição prematura, em consequência da mídia e do descuido familiar.

Introdução perfeita, Emilly!


d1

Em primeiro plano, nota-se que o ato de impor práticas e responsabilidades de um adulto sobre uma criança perpetuam [perpetua concorda com "ato"] o impasse. Com isso, de acordo com¹ a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito [de] "Banalidade do mal", discute sobre como a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade. Nesse sentido, é evidente que [a] adultização precoce traz grandes malefícios ao desenvolvimento de uma criança, visto que assume práticas que não deveriam ser retratadas por um sujeito que ainda possui seu senso crítico em formação, como, por exemplo, a cantora MC Melody, que aos doze anos se vestia e se comportava de forma erotizada, sendo tratada como uma adulta, ao iniciar sua carreira em um ambiente artístico prejudicial. Portanto, mudanças são necessárias para que atos impróprios não sejam normalizados pelo corpo social.

¹ Cuidado com a formação das frases, isso pode acabar prejudicando o sentido do seu texto. Aqui você poderia ter prosseguido de duas maneiras:

"Com isso, a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito de "Banalidade do Mal", discute sobre como a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade."

Ou:

"Com isso, de acordo com a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito de "Banalidade do Mal", a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade."


d2

Outrossim, vale abordar o descuido familiar com as influências midiáticas. Dito isso, atualmente, muitas crianças acabam tendo um acesso excessivo de [aos] aparelhos tecnológicos – como celulares e televisões –, assim, estando mais propícias a se depararem com exibições impróprias que poderiam atrair sua curiosidade e ocasionar o interesse, mesmo que inocente, em praticar tais atos. Logo, sendo influenciados pelo que é disseminado na mídia, como a prática descuidada do canal "HBO", ao propagar o filme "Festa da Salsichas"– animação com conteúdo erótico, tema de violência e linguajar inapropriado– em horário diurno, que poderia ser facilmente confundido com um desenho infantil. À vista disso, é indubitável uma maior atenção familiar às crianças.

Tudo ok no d2!


conclusão

agente
ação
meio/modo
intuito
detalhamento

Em suma, visando mitigar os entraves à resolução da erotização infantil. Enfim, Cabe ao Governo Federal[,] por meio de palestras e comunicados feitos pelo Instituto da Criança e do Adolescente (ECA),conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro para a proteção integral das crianças e de adolescentesesclarecer maneiras apropriadas de se conversar e interagir com as crianças em fase de crescimento, sobre as questões da sexualidade. Assim, objetivando priorizar a importância do monitoramento e de proporcionar um tempo essencial para dedicar-se em estar inserido na vida desses indivíduos.


É isso! Parabéns pelo seu desempenho na redação e conte comigo sempre <3
#73120
hel0oooo escreveu:Oiii @EmillyySilva, tudo bem??? Antes de começar a corrigir sua redação, eu gostaria de deixar claro que ainda estou no começo do meu processo de aprendizagem então, por favor, me perdoe se errar algo, ok? Sinta-se livre para contestar qualquer parte desta análise.

observações
comentários
possíveis erros
reescrita/correção
desnecessário


introdução

O filme francês conhecido como "Lindinhas", exibido na Netflix, revela a superexposição de crianças com idade entre onze e doze anos, por meio de danças vulgares, geradas [concorda com "superexposição", logo, singular] pela erotização precoce e [por] comportamentos que não condizem com sua faixa etária. Nesse sentido, fora da ficção, infelizmente percebe-se que, no Brasil contemporâneo, muitas crianças acabam sendo induzidas a essa atitude problemática. Assim, torna-se imperioso discutir sobre a adultização infantil como impulsionadora de uma exibição prematura, em consequência da mídia e do descuido familiar.

Introdução perfeita, Emilly!


d1

Em primeiro plano, nota-se que o ato de impor práticas e responsabilidades de um adulto sobre uma criança perpetuam [perpetua concorda com "ato"] o impasse. Com isso, de acordo com¹ a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito [de] "Banalidade do mal", discute sobre como a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade. Nesse sentido, é evidente que [a] adultização precoce traz grandes malefícios ao desenvolvimento de uma criança, visto que assume práticas que não deveriam ser retratadas por um sujeito que ainda possui seu senso crítico em formação, como, por exemplo, a cantora MC Melody, que aos doze anos se vestia e se comportava de forma erotizada, sendo tratada como uma adulta, ao iniciar sua carreira em um ambiente artístico prejudicial. Portanto, mudanças são necessárias para que atos impróprios não sejam normalizados pelo corpo social.

¹ Cuidado com a formação das frases, isso pode acabar prejudicando o sentido do seu texto. Aqui você poderia ter prosseguido de duas maneiras:

"Com isso, a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito de "Banalidade do Mal", discute sobre como a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade."

Ou:

"Com isso, de acordo com a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito de "Banalidade do Mal", a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade."


d2

Outrossim, vale abordar o descuido familiar com as influências midiáticas. Dito isso, atualmente, muitas crianças acabam tendo um acesso excessivo de [aos] aparelhos tecnológicos – como celulares e televisões –, assim, estando mais propícias a se depararem com exibições impróprias que poderiam atrair sua curiosidade e ocasionar o interesse, mesmo que inocente, em praticar tais atos. Logo, sendo influenciados pelo que é disseminado na mídia, como a prática descuidada do canal "HBO", ao propagar o filme "Festa da Salsichas"– animação com conteúdo erótico, tema de violência e linguajar inapropriado– em horário diurno, que poderia ser facilmente confundido com um desenho infantil. À vista disso, é indubitável uma maior atenção familiar às crianças.

Tudo ok no d2!


conclusão

agente
ação
meio/modo
intuito
detalhamento

Em suma, visando mitigar os entraves à resolução da erotização infantil. Enfim, Cabe ao Governo Federal[,] por meio de palestras e comunicados feitos pelo Instituto da Criança e do Adolescente (ECA),conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro para a proteção integral das crianças e de adolescentesesclarecer maneiras apropriadas de se conversar e interagir com as crianças em fase de crescimento, sobre as questões da sexualidade. Assim, objetivando priorizar a importância do monitoramento e de proporcionar um tempo essencial para dedicar-se em estar inserido na vida desses indivíduos.


É isso! Parabéns pelo seu desempenho na redação e conte comigo sempre <3
OLÁ hel0oooo! Tudo bem? 👋🏻😺

— muito obrigada por suas observações, irei me atentar a esses erros. Até a próxima, precisando de algo basta me marcar que darei meu melhor.
#73160
Dante escreveu:@EmillyySilva,
OLÁ Dante! Tudo bem? Espero que sim! 😺👋🏻

— Sobre sua correção, não tenho o que falar, obrigada por cada ponto que você detalhadamente especificou e me alertou, as dicas também foram incríveis e serão ótimas para meu desenvolvimento na escrita. Sério, obrigada mesmo!

— Sobre sua pergunta, sim, eu escrevo primeiro e depois digitalizo kkk tanto que demoro uns dois dias para postar, pois fico lendo e relendo... E sobre o filme no D2 (segundo desenvolvimento) fiz com intuito de tornar verídica minha argumentação, já que abordei sobre a influência negativa que a mídia poderia passar, nesse momento fiquei pensando no que usar e logo me veio em mente abordar sobre ele (Kkkk também comecei a assistir o filme acreditando, inocentemente, ser um mero desenho infantil. Confesso que no começo não estava entendendo nada, até chegar no final que parecia estar no começo kkk brincadeira, nem terminei o filme, graças a Deus! Não estava entendendo nada mesmo kkk😹🙏🙌🏻) Então, usei somente para validar o que dizia, não pensei que poderia me custar pontos, mas tentarei analisar melhor essa parte e aperfeiçoar esse problema.

Um beijo no cérebro, e qualquer coisa basta me marcar. 😚🧠♡♡
#73163
@EmillyySilva, Eu fico muito feliz por você achar isso,sério mesmo❤.
Exatamente, o filme aumentou muito sua base arguementativa,mas como eu disse: tem que ser diversificado. Eu fiquei um bom tempo pensando qual pontuação atribuir, chegando a conclusão que séria melhor optar pelo pior resultado possível nessa parte, que seria não alcançar os 200.
Como eu disse, sua redação bera a perfeição,logo,logo vai alcançar o 1000.
Sobre o filme, melhor coisa que você fez kkkkk. Esse filme não presta e sua mente não é mais a mesma dps dele kkkkkkk

Bjsssss no cérebro e sucesso!!!!!!
#73193
EmillyySilva escreveu:O filme francês conhecido como "Lindinhas", exibido na Netflix, revela a superexposição de crianças com idade entre onze e doze anos, por meio de danças vulgares, geradas pela erotização precoce e comportamentos que não condizem com sua faixa etária. Nesse sentido, fora da ficção, infelizmente percebe-se que, no Brasil contemporâneo, muitas crianças acabam sendo induzidas a essa atitude problemática. Assim, torna-se imperioso discutir sobre a adultização infantil como impulsionadora de uma exibição prematura, em consequência da mídia e do descuido familiar.

Em primeiro plano, nota-se que o ato de impor práticas e responsabilidades de um adulto sobre uma criança perpetuam o impasse. Com isso, de acordo com a filósofa Hannah Arendt, em seu conceito "Banalidade do mal", discute sobre como a constante repetição de uma atitude hostil passa a ser normalizada pela sociedade. Nesse sentido, é evidente que adultização precoce traz grandes malefícios ao desenvolvimento de uma criança, visto que assume práticas que não deveriam ser retratadas por um sujeito que ainda possui seu senso crítico em formação, como, por exemplo, a cantora MC Melody, que aos doze anos se vestia e se comportava de forma erorizada, sendo tratada como uma adulta, ao iniciar sua carreira em um ambiente artístico prejudicial. Portanto, mudanças são necessárias para que atos impróprios não sejam normalizados pelo corpo social.

Outrossim, vale abordar o descuido familiar com as influências midiáticas. Dito isso, atualmente, muitas crianças acabam tendo um acesso excessivo de aparelhos tecnológicos–como celulares e televisões–, assim, estando mais propícias a se depararem com exibições impróprias que poderiam atrair sua curiosidade e ocasionar o interesse, mesmo que inocente, em praticar tais atos. Logo, sendo influenciados pelo que é disseminado na mídia, como a prática descuidada do canal "HBO", ao propagar o filme "Festa da Salsichas"– animação com conteúdo erótico, tema de violência e linguajar inapropriado– em horário diurno, que poderia ser facilmente confundido com um desenho infantil. À vista disso, é indubitável uma maior atenção familiar às crianças.

Em suma, visando mitigar os entraves à resolução da erotização infantil. Enfim, Cabe ao Governo Federal por meio de palestras e comunicados feitos pelo Instituto da Criança e do Adolescente (ECA),— conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro para a proteção integral das crianças e de adolescentes — esclarecer maneiras apropriadas de se conversar e interagir com as crianças em fase de crescimento, sobre as questões da sexualidade. Assim, objetivando priorizar a importância do monitoramento e de proporcionar um tempo essencial para dedicar-se em estar inserido na vida desses indivíduos.
Oioi, tudo bem? Vi que já recebeu correções maravilhosas, então deixo a minha para a próxima. Tá bem? Beijão 💖

Oi Hector, acabei de ler a sua redaçã[…]

O cinema brasileiro é um produto cultural q[…]

Com a ascensão da "pandemia do covid-1[…]

No filme Maze Runner é retratado um mundo p[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM