• Avatar do usuário
#71493
De acordo com a filósofa Hannah Arendt, a banalização do mal acontece quando um problema sério é tratado como algo trivial. Lamentavelmente, percebe-se que isso ocorre nas redes sociais, uma vez que nelas há a banalização das cirurgias plásticas. Assim, estratégias devem ser aplicadas urgentemente para alterar esse panorama intrigante, que possui como causas: a importância demasiada dada à imagem e a adesão dos procedimentos estéticos pelos famosos.

Em primeiro lugar, faz-se necessário pontuar que, a super valorização da aparência nas redes sociais é um fator determinante para persistência da problemática. Nesse ínterim, no livro "Sociedade de Espetáculo", o sociólogo Guy Debord explicita sua teoria de que as sociedades contemporâneas espetaculizam a vida, por isso todas as pessoas têm como objetivo dar o melhor "SHOW" umas para as outras. Não distante da teoria do sociólogo, muitas pessoas optam por realizarem procedimentos estéticos com o intuito de "aperfeiçoarem" suas aparências e consequentemente, suas performances nas redes sociais, o que resulta em mais curtidas e prestígio, ou seja, num "SHOW" melhor. Diante do exposto, fica nítida a necessidade de mudar a mentalidade da comunidade acerca do culto à imagem.

Em segundo lugar, vale ressaltar que, o acatamento das operações plásticas pelos influenciadores digitais é um impulsionador do imbróglio. Esse fato se dá, haja vista que, os donos de clínicas estéticas fazem parcerias com os famosos que ganham as operações e em troca exibem os resultados nas redes sociais. Com isso, os seguidores dessas pessoas são influenciados a também aderirem aos procedimentos estéticos. Como consequência, há a normalização de tais procedimentos, cujos riscos são negligenciados. Essa conjuntura preocupante foi criticada pela youtuber de educação Débora Aladim, a qual fez um vídeo criticando esse fato, além de alertar seus seguidores sobre as consequências e perigos das cirurgias plásticas. Em suma, é imprescindível que mais pessoas com prestígio social façam como Débora.

Portanto, para mitigar o problema da mediocrização das cirurgias plásticas nas redes socias , medidas são necessárias. Para tanto, é preciso que os influenciadores digitais, youtubers e famosos - responsáveis por influenciar o comportamento dos indivíduos - debatam com seus seguidores os riscos das intervenções estéticas, mediante vídeos, lives e postagens nas redes sociais - Instagram, Facebook e Twitter -, com o intuito de mudar a mentalidade social. Somente assim, a teoria de Hannah deixará de ser aplicada à questão das cirurgias plásticas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#71494
😅Eu tinha enviado essa redação para correção (não no fórum) e tirei 960 devida a uns errinhos de Português. Agora eu arrumei, mas não sei se está certo. Então apenas peço que quando tiverem um tempinho leiam a minha redação. Não precisa corrigir, viu? Pontuar e destacar os erros ortográficos que encontrarem já está bom. Sem pressa, viu? @chihirukiki @Dante
Se estiver devendo uma olhadinha no texto de algum de vocês, me desculpem kkk. Em breve passo lá —caso não tenham corrigido — são muitas notificações. Thanks! Vocês são d+!🥰

Muito se tem discutido, recentemente, acerca das d[…]

nycolas2005 , muito obrigada, fico feliz pela cor[…]

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio &aacu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM